Capitulo 1

N/A: Trago-lhes um capitulo da fic, espero que gostem *-* Comentem e por favor, RECOMENDEM A FIC *—*

P.s: Estou terminando capitulo de I’m sorry e já vou posta-lo.

 

— x —

 

Capitulo 1 – O Proibido

 

 

– Pensei que você não ia mais vir. – James e eu demos um toque de mão.

 

– Claro que eu viria. – Sorri – Acha que sou de perder uma balada?

 

– Oi Ed. – Tânya se pendurou em meu pescoço.

 

– Oi Tânya.

 

– Vamos entrar – James nos chamou. – O resto da galera está lá dentro.

 

James e Tânia eram da minha sala, e tem a mesma idade que eu, 19 anos, sim, sou repetente, e garanto que ficarei mais um ano no terceiro ano já que meu karma – Professor Jacob Black – insiste em me reprovar em matemática, obvio que eu não faço nada na aula dele. Odeio Black, conseqüentemente, odeio matemática,

 

# – Link Seguro – #

 

http://www.radio.uol.com.br/musica/rihanna/dont-stop-the-music/45725

 

***

 

A boate estava lotada, todos dançavam animadamente. Tânya arrastou-me até os outros.

 

– Eai.

 

Alec, Jane, Victoria, Laurent estavam todos sentados em uma mesa.

 

– Vou pegar algo para beber. – Avisei já indo à ao balcão. – Uma cerveja. – Pedi ao Barman.

 

– Crianças não deviam beber.

 

Olhei para a morena ao meu lado e ri.

 

 

POV Bella

– Lembro quando tinha a idade deles… – Alice acenou com a cabeça para um grupo de adolescentes que entravam na boate. – Meus pais nunca me deixariam sair sozinha.

 

– Mas eles não estão sozinhos. – Sorri.

 

– Você entendeu Bella… – Gesticulou com a mão. – Eles são apenas crianças.

 

Revirei os olhos. Vi um dos garotos levantar-se e ir até o balcão.

 

– Vou pegar uma Ice.

 

Levantei-me e passei pela aglomeração de pessoas que dançavam.

 

– Uma cerveja. – O garoto pediu.

 

Ele era bonito – não vou negar -, seus cabelos eram bagunçados com um tom cobre, seu rosto perfeito; pele branca, traços marcantes.

 

– Crianças não deviam beber. – Adverti sentando-me no banco ao seu lado.

 

Ele virou-se para mim e riu.

 

– Eu não sou criança… – Se aproximou para responder, já que o som estava alto.

 

– Mas com 16 anos é proibido beber. – Argumentei.

 

– E quem disse que tenho 16? – Estreitou os olhos e sorriu torto. – Tenho 19.

 

Controlei-me para não pegar uma garrafa e meter em minha própria cabeça. QUE MICO ISABELLA.

 

– Hm… – Fiquei sem o que falar.

 

– Posso ter a honra de saber sua idade? – Indagou.

 

Virei-me no banco, para encará-lo.

 

– Mais velha que você… – Sorri. Ele revirou os olhos.

 

– Quantos anos?

 

– Chute.

 

– 18?

 

Joguei a cabeça para trás e ri.

 

– Eu disse que sou mais velha que você, como posso ter 18?

 

– Eu sempre fui ruim com números… – deu de ombros – 20?

 

– Não… – Suspirei – 25.

 

– Ta brincado? – Soou surpreso.

 

– Não. Por quê?

 

– Você aparenta ser bem mais jovem.

 

– Obrigada. – Senti meu rosto corar.

 

– Você corou? – Tocou minha bochecha.

 

Virei meu rosto e encarei o barman.

 

– Uma ice. – Pedi.

 

Voltei a virar para o rapaz, minha respiração ficou suspensa quando percebi o quão próximo ele estava.

 

– Não sei seu nome… – Ele colocou seu braço sobre o balcão e a outra na lateral do meu banco, inclinando-se mais para frente, prendendo-me ali.

 

– Ah, me desculpa… – Mordi meus lábios. – Isabella, mas me chame de Bella.

 

– Bella… faz jus a você. – Assoprou minha franja. – Já que você não perguntou o meu, eu me apresento, sou Edward Cullen.

 

Olhei sobre seu ombro e vi que todos seus amigos estavam olhando para cá, inclusive uma loira, que me fuzilava.

 

– Acho que sua namorada não está gostando de ver você conversando comigo.

 

Ele olhou sobre o ombro e riu. O Barman colocou a Ice sobre o balcão, a peguei e bebi.

 

– Tânya e eu não temos nada. – Deu de ombros.

 

Melhor para mim. Ok, eu sei que ele era novo, mas certamente, esse seria nosso primeiro e ultimo encontro, então porque não aproveitar? Ninguém ficaria sabendo, a não ser eu e ele.

 

MERDA ISABELLA ELE SÓ TEM 19 ANOS!

 

– Bom… – Pigarreei – Vou me sentar, foi um prazer conhecer você.

 

– O prazer foi todo meu. – Colocou sua mão em minha cintura e beijou meu rosto. – Até mais Bella.

 

– Até.

 

Coloquei minha mão em seu peito e o empurrei um pouco para que eu pudesse sair do seu circulo de braços.

 

Voltei para a mesa aonde era para Alice estar, mas não a encontrei.

 

Sentei-me e me distrai olhando ao redor.

 

– Bellinhaa! – Alice sentou-se em meu colo – Vamos dançar!

 

Peguei minha Ice e a deixei me puxar.

 

Fomos para o meio da pista onde o som era mais alto e a aglomeração maior. Joguei meu braço esquerdo para o ar, deixando o ritmo da música me levar.

 

– OMG! Jasper! – Alice correu em direção ao namorado que acabara de chegar e pendurou-se em seu pescoço. Eu ri. Fiquei ali na pista dançando, sozinha.

 

 

# – Link seguro – #

 

http://www.radio.uol.com.br/musica/various-artists/set-me-free-feat.-samara/28790

 

***

 

http://www.youtube.com/watch?v=YLn116z1q9I

 

***

 

 

 

POV Edward

 

 

– Edward eu estou falando com você! – Tânia esbravejou.

 

Tirei meus olhos da morena que dançava – sozinha – na pista para encarar a loira – rodada mais do que nota de um real.

 

– O que?

 

– Porque não está me dando atenção? – Choramingou – Vamos dançar?

 

Revirei os olhos

 

– Não! – Suspirei e voltei minha atenção para a pista. – Aliás, é claro que vou dançar! – Tânia levantou-se com um sorriso e estendeu a mão para mim. -… Sozinho. – Completei. Levantei-me e caminhei para a pista.

 

Bella ainda estava na pista, tomando sua Ice, com um dos braços sobre a cabeça, rebolando sensualmente. Colei meu corpo no seu, passando meus braços ao redor de sua cintura.

 

– Será que posso te acompanhar nessa dançar? – Sussurrei em seu ouvido, pude sentir seu corpo estremecer.

 

Eu nunca havia ficado com uma mulher de 25 anos, a maioria com que me relacionei tinham de 16 a 20 anos. Nunca me interessei em idade, o que vale para mim é o conteúdo. Mas confesso que Isabella despertou algo em mim. O modo como ela me olhou, o jeito que seus lábios se moviam até mesmo o modo como ela se movia, tudo me chamou atenção.

 

– Edward? – Indagou sem se virar.

 

– Reconheceu minha voz? – Ri.

 

Ela não respondeu. Passou a mover-se contra meu corpo. Enterrei meu rosto em seu pescoço, inspirando seu cheiro delicioso. Deixei minhas mãos acariciarem sua barriga e quadril, enquanto Bella deixou sua mão esquerda na lateral da minha coxa. Girei-a pela cintura, encaixando minhas pernas entre as suas. Encostei minha testa na sua. Escorreguei meus lábios pela sua bochecha até chegar a seu ouvido.

 

– Você veio sozinha? – Indaguei.

 

Senti seus lábios quentes grudarem no meu ouvido.

 

– Vim com uma amiga, mas ela está com o namorado.

 

– E o seu?

 

– Meu o que?

 

– Namorado

 

Ela riu.

 

– Acha que se eu tivesse namorado estaria dançando com você? – Seus dentes arranharam o lóbulo da minha orelha.

 

Afastei-me para encara-lá.

 

– Posso te beijar? – Indaguei.

 

– Beijo não se p…

 

Invadi sua boca com minha língua. Seus braços foram para o meu pescoço enquanto sua língua se entrelaçava a minha em um ritmo calmo. Sua boca estava um pouco gelada e com um gosto ótimo, uma mistura de menta com Ice.

 

Comecei a forçar seu corpo a andar, levando-a para um canto mais afastado da boate. Tirei a garrafa da sua mão e descolei nossos lábios para baixar e deixar a garrafa no chão. Quando levantei, Bella puxou-me pelo pescoço, juntando nossos lábios novamente.

 

O que tinha nessa mulher que me fazia quere-lá mais e mais?

 

 

POV Bella

 

 

Os meus pulmões começaram a protestar, mas não dei a mínima para isso. Infiltrei minhas mãos por debaixo da camiseta de Edward, acariciando suas costas. Pude sentir o contorno dos seus músculos definidos.

 

Por algum motivo, eu não conseguia tirar seus lábios dos meus. Edward beijava muito bem, e era difícil um homem conseguir despertar essas sensações em mim, muito menos um garoto de 19 anos.

 

Mordisquei seus lábios e nos separamos entre selinhos.

 

– Como uma mulher que nem você não tem um homem? Seu gosto é tão bom e seu beijo então… só de pensar já quero mais.

 

Ri. Mordi seu queixo e selei nossos lábios.

 

– Não encontrei ninguém que me interesse, ainda. – Dei de ombros

 

– Pois bem, está falando com ele. – Beijou meu pescoço.

 

– Edward, isso seria impossível. O que seus pais, amigos e as outras pessoas pensariam sobre uma mulher de 25 anos se relacionando com um rapaz de 19?

 

– Que eu sou sortudo. – Mordeu minha orelha.

 

– É muito bom ficar com você, mas eu nunca firmaria um relacionamento com um adolescente.

 

– Tudo bem… – Suspirou – Deixe-me aproveitar então.

 

Ri enquanto sua boca cobria a minha.

 

Não sei como, nem o porquê, mas Edward me atraia, e muito.

 

N/A: Então?! Gostaram?! *—–* Espero que siim!

Quanto mais Review tiver, mais rapido o proximo capitulo vem 🙂

Bjs’

 

Anúncios
  1. AAAAAAAAAAAAAMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    SUPER PERFEITO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!AMEI! NUNCA LI FIC EM Q A BELLA É MAIS VELHA, MAS ESSA TÁ PROMETENDO HEIN?
    TO LOCA PELO PROXIMO CAP, ENTAO PLEASE NAO DEMORA PRA POSTAR!
    BJUS

  2. OMG eu amei.
    a fic tem um tema optimo, por favor nao demores a postar o proximo capitulo, fiquei super curiosa.
    tens imenso jeito para escrever, parabens.
    beijinhos

  3. Cara sem querer ser mais uma puxa saco na sua vida até porque sou extremamente cincera entâo vou falar a verdade… *SUSPENSE BÁSICO* essa foi simplesmente uma das melhores fanfics de Beward que eu já li. e ai voce escreveu mais alguma fanfic relacionada ao Edward e Bella? Se sim me manda um email falando o nome ,se não, você devia Bjs!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: