Capitulo 12

N/A: Tipo, nem posso acreditar que esse é o ultimo capitulo da 1 fase.

Passou tão rapido 😦

Na minha opinião o capitulo ficou ruim, mas a beta falou que ficou mara. Espero que ela tenha razão 😡

Lembrem-se: Tudo o que rola nesse capitulo é para o bem da continuação dela, senão, não teria mais fic 🙂

Aproveitem o capitulo!

Capitulo 12 – I’ll Be There For You

PDV Edward

Rolei pela cama esperando pelo sono que não chegava.

Apesar de tudo ter se acertado entre mim e Bella eu ainda não me sentia feliz. Sim, eu sabia que ela não havia dito todas aquelas barbaridades de verdade, mas só de saber que ela iria estar longe de mim daqui alguns dias…

Rolei novamente pela cama. Fechei os olhos e o sonho não veio.

Levantei e desci para a sala.

– Cadê a mamãe?! – Perguntei ao meu irmão que estava todo esparramado no sofá.

– Foi no hospital. – Deu de ombros.

– Mas ela não está folga hoje?!

– Sim, mas houve uma emergência. – Levantou-se. – Bom, vou dormir.

– Vai lá. Boa noite.

Ele caminhou até mim e socou meu ombro.

– Boa noite.

Observei-o desaparecer no topo da escada.

Caminhei até a cozinha, peguei um copo de refrigerante e me sentei no sofá da sala. Comecei a passar de canal procurando algo que preste e, quando achei, a campainha tocou.

Olhei no relógio da parede.

Como alguém decidiu vir na casa dos outros há essa hora e nem ligou para avisar?!

– Já vai! – Avisei ao desesperado que tocava a campainha sem parar.

Levantei-me e fui abrir a porta. Pisquei algumas vezes, mas não era uma miragem. Sim, Bella estava ali, e chorava.

– Bella, o que…

Antes que eu conseguisse formular uma pergunta ela já estava pendurada em meu pescoço invadindo minha boca com sua língua. Todas as células do meu corpo reagiram ao seu toque, fazendo-me entrar em combustão.

Puxei seu corpo para dentro de casa e fechei a porta – sem descolar nossos lábios.

Quando tentei me afastar para perguntar o que estava havendo e o porquê dela estar aqui, seus dedos agarraram os fios de meus cabelos, puxando-me contra seu rosto.

– Não se afasta… – Implorou contra meus lábios.

– Vamos para o meu quarto.

=== x ===

=== Link seguro e Obrigatório ===

http://listen.grooveshark.com/#/s/Far+Away/2AI4Rl

Ou

http://www.4shared.com/audio/XMt5yy2e/NickelBack-FAR_AWAY.htm

Ou

http://www.youtube.com/watch?v=j4y-RzVGrHg

=== x ===

Guiei Bella até meu quarto, fechei a porta. Quando virei-me para perguntar o que estava acontecendo – novamente –, ela me agarrou. Sua boca devorava a minha, enquanto suas mãos erguiam minha camisa.

Ergui meus braços para ela retirar a peça, depois ajudei a retirar sua blusa e aproveitei para abrir o feixe de seu sutiã. Enlacei sua cintura e a levei até minha cama, deitando-me sobre seu corpo.

Escorreguei meus lábios por seu busto, abocanhando seus belos seios.

Bella gemeu, enquanto suas mãos corriam por minhas costas nuas até chegar ao cós do meu moletom e puxá-lo para baixo. Afastei-me e ajudei-a, retirando a peça com os pés. Ajoelhei-me entre suas pernas e abri o botão do seu jeans, tirei a peça, trazendo com ela sua lingerie.

Não demorou para que nossos corpos estivessem conectados como um. O atrito dos nossos corpos chocando-se um contra o outro produzia um som que ecoava pelo quarto junto com nossos gemidos, era a melodia do nosso amor, um som lindo – para mim –, mas não sei se Emmett devia estar achando a mesma coisa, mas de qualquer forma, ele devia estar dormindo já.

Cada toque que Bella me dava, excitava-me mais e mais. Meu corpo não queria parar, eu não queria parar. E estava claro que Bells também não queria que eu parasse.

Ela me olhava de uma forma estranha, seu olhar era penetrante e melancólico, era como se ela quisesse me dizer algo através daquele gesto, mas eu não conseguia parar de amá-la e perguntar o que estava acontecendo, minha atração por seu corpo era mais forte, eu queria dar prazer a ela.

Eu queria gravar seu cheiro, o calor do seu corpo, o toque de suas mãos escorregando por meu corpo e até mesmo os gruídos que saiam de sua boca cada vez que eu investia contra ela, pois não poderíamos mais consumar esse ato daqui alguns dias…

Só de pensar no que aconteceria senti meus olhos arderem.

– Eu te amo… – Bella sussurrou enquanto fechava os olhos e jogava o pescoço para trás, gemendo.

– Eu também meu amor, eu também.

Senti suas pernas estremecerem denunciando que seu orgasmo estava próximo, sai de dentro dela e rolei para o lado, trazendo-a para cima de mim.

Bella encaixou-se perfeitamente em mim, começando sua dança sensual sobre meu corpo.

Segurei seu quadril e passei a ajudá-la a mover-se. Nossos gemidos estavam muito altos, se eu não arrumasse um modo de conter isso, logo Emmett estaria batendo em minha porta.

Sentei-me, fazendo com que ela ficasse no meu colo. Suas belas pernas enlaçaram minha cintura enquanto suas mãos buscaram apoio em meus ombros. Encaixei meu rosto em seu ombro e apertei-a contra mim, fazendo Bella parar de se mover.

– Bells… – Mordisquei o lóbulo de sua orelha – Tenta ser mais silenciosa.

– Eu não… – Ela gemeu – Eu… Vou tentar.

Sorri. Soltei sua cintura e a deixei mover-se contra mim. O modo como seu corpo chocava-se como o meu fazia seus seios saltarem rente ao meu rosto.

Era tentação de mais.

Abocanhei-os e isso fez Bella gemer um pouco mais alto. Sua boca caiu para meu ombro e o mordeu, abafando seus gemidos.

Nossos corpos estavam quentes, nossos suores misturavam-se… Senti que não poderia mais me segurar.

– Bells, eu vou…

– Eu também.

Seu corpo tremeu em minhas mãos, enquanto as suas arranhavam-me e seu sexo contraia-se ao redor de meu membro.

Meu gozo inundou seu interior, misturando-se com o seu mel.

Exausto, deixei meu corpo tombar para trás, trazendo Bella comigo. Fechei meus olhos tentando controlar minha respiração.

Segundos depois, senti lábios macios colar-se aos meus. Quando ela se afastou, abri meus olhos para admirá-la. Ela sorriu para mim, enquanto mordia os lábios.

– Podemos conversar agora? – Indaguei rindo. Bella franziu a testa, mas assentiu.

=== x ===

=== Link Seguro & Obrigatório ===

http://listen.grooveshark.com/#/s/Iris+acoustic+/gimZh

Ou

http://www.youtube.com/watch?v=NdYWuo9OFAw&ob=av3n

Ou

http://www.4shared.com/audio/7jIVthK0/Goo_Goo_Dols_-_Iris.htm

=== x ===

PDV Bella

– Podemos conversar agora? – Ele perguntou rindo.

Mordi os lábios. Eu não queria conversar, eu só queria ficar abraçada com ele, ouvindo sua respiração e o som do seu coração.

Assenti, indicando que poderíamos conversar.

– Que surto foi esse? – Indagou sorrindo, seus dedos correram por meu rosto e jogaram minha franja para trás.

Escondi minha cabeça em seu peito.

– Só… – Engoli o choro, eu não queria dizer a verdade, eu não podia estragar esse momento. – Eu só fiquei com saudades.

– A saudades era tanta que você mal teve tempo para trocar de roupa? – Ele apontou para o chão, onde nossas peças estavam – Isso não é do seu feito, digo, usar a mesma roupa duas vezes em um único dia.

– É verdade. – Dei de ombros. – Mas eu estava mesmo com saudades.

E era verdade, eu senti saudades dele quando sai de seus braços, mas esse não foi o real motivo por eu ter voltado.

– Que bom. – Seus braços apertaram ao meu redor – Eu também senti saudades, não estava nem conseguindo dormir, mas agora, fiquei com sono.

Ri. Beijei seu peito e subi um pouco para beijar seus lábios.

– Então durma.

– Prefiro ficar acordado. – Deu de ombros – Tenho medo de você fugir e não voltar nunca mais.

Fechei os olhos sentindo aquelas palavras.

– Eu não vou fugir. – Sussurrei para ele.

E tecnicamente eu não iria fugir mesmo.

– Então isso significa que você vai ficar aqui comigo? – Perguntou risonho.

– Sim. – Confirmei.

Sim, eu iria ficar ali com ele… Até ele dormir.

– Então eu vou aceitar essa proposta.

Rolei para o lado e me aconcheguei em seus braços. Edward pegou o lençol que estava sobre a cadeira ao lado de sua cama e jogou sobre nós dois.

– Edward, e nossas tatuagens? – Perguntei tocando a minha.

– Enquanto eu amar a mulher desse nome da tatto, essas duas letrinhas vão continuar aqui. – Ele sorriu – Traduzindo: eu nunca vou apagar! Você já faz parte de mim, amor.

Sorri para ele.

– E eu também. – Segurei sua mão e beijei a aliança – Nem a aliança, nem a tatuagem.

– Como eu te amo, mulher!

– Eu também. – Toquei a ponta do seu nariz – Agora durma, você parece estar cansado.

– Boa noite, amor. – Ele virou-me de costas e me abraçou.

– Boa noite. – Virei-me um pouco para beijá-lo.

O que era para ser um simples selinho foi intensificado por mim. Agarrei seus cabelos e deixei minha língua deslizar para dentro de sua boca.

Esse era nosso ultimo beijo, e eu iria desfrutar o máximo possível.

[…]

Inclinei-me sobre a cama e colei nossos lábios mais uma vez. Afastei-me e tentei controlar as lágrimas que criavam trilhas por toda minha face.

– Eu te amo, meu amor. – Toquei seus cabelos. – Eu só espero que você me perdoe, mas desta vez eu não vou te contar a verdade. – Passei as costas da mão em meu rosto, limpando as lágrimas – Eu não conseguiria me despedir de você, ia ser tão doloroso…

Um soluço rompeu por meus lábios.

Levantei e caminhei até a porta do quarto, dei uma ultima olhada para Edward na cama e sai do quarto.

PDV Edward

Eu podia sentir alguns raios de sol batendo contra meu rosto. Apalpei a cama buscando o corpo de Bella, mas não encontrei.

Sentei-me e esfreguei meus olhos. Quando os abri, dei um pulo para trás ao ver minha mãe sentada no sofá a minha frente, me olhando.

– Querido, eu vim logo que eu soube. Você deve estar arrasado… – Ela se levantou e veio se sentar na beira da cama.

Franzi a testa.

– Porque eu estaria? – Sorri. Ainda um pouco grogue por conta do sono.

– Você não… – Ela parecia confusa – Bella não disse nada?

– Ainda não. – Cocei a cabeça, mais confuso que ela. – Nós podemos tirar isso a limpo, ela deve estar no banheiro e…

– Não, querido. – Esme segurou meu rosto em suas mãos. – Bella não está aqui.

– É claro que está! – Eu ri e me levantei, enrolando-me no lençol. – Ela dormiu aqui comigo!

– Querido, ela…

– Não! – A cortei e ri – Bella deve estar no banheiro.

– Certo. – Ela ergueu as mãos e deu de ombros – Vai lá ver.

Abri a porta do meu quarto, segui pelo corredor até a porta do banheiro.

– Bells? – Bati na porta.

– Oi, amor… – A péssima imitação de Emmett quase me fez rir. A porta se abriu, e o grandão me olhou rindo – Ta me estranhando, moleque?

– Emm, você viu Bella?

– Não. – Deu de ombros.

Senti meu peito se aperta. A mão de minha mãe tocou meu ombro.

– Todos no hospital estavam comentando que Renée adiantou a viagem, eles já devem estar indo para o aeroporto.

Senti meu corpo perder o equilíbrio, dei dois passos para trás.

– Vocês só podem… – Engoli em seco -… Estar brincando.

– Eu nunca brincaria com algo que te machucaria, meu filho.

Eu podia ver a verdade em seus olhos…

Apoiei-me na parede e abaixei a cabeça, deixando as lágrimas escorrerem.

– Edward… – Emmett socou meu braço.

– ME DEIXA! – Pedi.

– Seu idiota! – Ele me segurou pelo braço e começou a me puxar em direção ao meu quarto – Vai ficar chorando como um boiola ou vai atrás da sua namorada?

– Para que? – Puxei meu braço de seu aperto – Para vê-la partir sem poder fazer nada?!

Ele revirou os olhos.

– Você pelo menos poderia ir se despedir, mas não vou falar mais nada, faça o que você quiser! – Ele bufou – Só acho que você devia se arrumar e ir vê-la, pode ser sua última chance.

Ele deu as costas, mas eu o segurei.

– Você pode me levar no aeroporto?

– Só estava esperando você pedir! – Ele abriu aquele sorrisão.

– Então eu também vou. – Esme entrou no quarto – Mas se querem chegar a tempo, andem logo, pois o vôo dela sai daqui há… – Minha mãe olhou no relógio – Vinte minutos.

– Há! – Meu irmão sorriu – Isso é tempo de sobra, eu levo vocês lá em 5 minutos.

– Eu sei. – Sorri – Você é foda.

– É, eu sou.

PDV Bella

– Eu sinto muito… – Charlie passou seu braço direito ao redor de meu ombro.

– Eu… – Tentei falar, mas as lagrimas voltaram a cair – E-eu…

– Shhh, querida… – Charlie me abraçou – Não podemos fazer nada.

– Claro q-que poderia! – Afastei-me – Você poderia ter feito mamãe mudar de idéia!

– Eu…

– É, eu sei. – Bufei e limpei as lágrimas que estavam em meu rosto – Era para você tomar as decisões de nossa família, mas não, o senhor só se rebaixa a todas as vontades de Renée…

Levantei-me da cadeira e cruzei os braços.

– Vamos fazer o check-in.

Fui à frente e ignorei minha mãe, eu ainda não sabia por que ela falava comigo.

=== x ===

=== Link Seguro & Obrigatório ===

(I’ll Be There For You)

http://listen.grooveshark.com/#/s/I+ll+Be+There+for+You/1ODop0

Ou

http://www.youtube.com/watch?v=auHrN5odVpU

Ou

http://www.4shared.com/audio/fFtax6vI/BON_JOVY_-_ILL_BE_THERE_FOR_YO.htm

=== x ===

A fila não estava muito grande, Charlie foi o primeiro, Renée logo depois e quando era minha vez minhas pernas travaram.

– Senhorita? – A mulher sorriu para mim – Aqui está a sua passagem.

Olhei para a mulher e olhei para trás, o aeroporto não estava lotado, quase ninguém vinha para Forks nessa época por conta do frio.

– Bella! – Meu pai chamou minha atenção.


Eu acho que desta vez você está mesmo partindo
Eu ouvi sua mochila dizer adeus
E enquanto meu coração partido cai sangrando
Você fala que amor verdadeiro é suicídio
Você diz que tem chorado mil rios
E agora você está nadando para a praia
Você me deixou afogando em minhas lágrimas
E nunca mais irá me salvar
Eu vou rezar a Deus para você
Me dar mais uma chance, garota

– Certo. – Peguei meus documentos de cima do balcão e minha passagem.

– Vamos para nosso portão.

Assenti. Fomos para o portão B45, que nos levaria até Seattle, e de lá para Los Angeles.

Quanto mais nos aproximávamos, mais era mais visível que uma movimentação estranha acontecia ali perto do portão.

– Senhor, você não pode entrar! – A voz do guarda se sobressaltou.

– Mas… Mas eu preciso!

Aquela voz…

– Bella a onde você está indo? – Minha mãe tentou segurar meu braço, mas me desvencilhei dela.

– EDWARD? – Indaguei em um grito, empurrei algumas pessoas curiosas que não saiam da frente. – EDWARD?

Quando consegui chegar mais perto eu o vi. Edward estava sendo segurado por Emmett. Esme estava um pouco mais atrás e quando me viu tocou o ombro de Edward e apontou para mim.

Seu rosto vermelho e molhado virou-se em minha direção. Os braços de Emmett caíram, deixando-o livre.

Ele sorriu para mim e começou a vir em minha direção. Fui ao seu encontro e quando estávamos próximos o suficiente joguei meus braços ao redor de seu pescoço.

Refrão
Eu estarei ao seu lado
Estas cinco palavras que eu juro para você
Quando você respira eu quero
Ser o ar para você
Eu estarei ao seu lado
Eu viveria e morreria por você
Roubaria o sol do céu para você
Palavras não podem dizer o que um amor pode fazer
Eu estarei ao seu lado

– P-princesa… – Sua voz transmitia toda a dor que ele estava sentindo, uma dor tão grande quanto a minha – Eu pensei que… Que…

– Shhhh! – Me afastei limpando as lágrimas de seu rosto – Não chore, meu amor.

– Bella, você não pode me deixar! – Ele implorou passando seus braços ao redor da minha cintura tirando meus pés do chão, deixando-nos da mesma altura. – Eu… Nós… Céus! Tínhamos tantos planos!

– Me perdoe… – Agarrei seus cabelos com meus dedos. – Mas é preciso…

– NÃO, NÃO É! – Ele negou – Eu… Eu posso desistir de Stanford, é só você não desistir de mim!

– Eu não estou desistindo de você. – Rocei meu nariz em seu rosto. – Só não quero ser a causadora da destruição de todos os seus sonhos.

– Mas…

– Mas nada. – Colei meus lábios nos seus.

Edward me colocou no chão, colei mais meu corpo ao seu, sem ligar para as pessoas que nos olhavam.

A ponta de sua língua deslizou para dentro de minha boca, a suguei com fervor. Puxei sua cabeça para mim, mostrando que eu não queria que ele se afastasse.

Nossas línguas dançavam em uma extrema sintonia, era tão doloroso saber que aquilo jamais se repetiria. Um gesto tão lindo não poderia mais ser concretizado…

– Bells… – Edward afastou-se – Eu juro, eu vou para Stanford vou me formar e irei te buscar, não importa onde você esteja… Eu só quero ter a chance de um dia te chamar de minha novamente…

– Eu sempre vou ser sua… – Afirmei – Não importa onde eu esteja, eu sempre vou ser sua.

Ele sorriu e me abraçou.

– Espere por mim, eu sempre vou estar ao seu lado…


Eu sei que você sabe que nós tivemos alguns bons momentos,

agora eles têm seus próprios caminhos a seguir
Eu posso te prometer amanhã
Mas eu não posso comprar de volta o ontem
E baby você sabe que minhas mãos estão sujas
Mas eu queria ser seu namorado
Eu serei a água quando você ficar com sede
Quando você ficar bêbada, eu serei o vinho

– Sempre.

Vôo 435 rumo a Seattle sairá em poucos segundos.

– Então… – Ele se afastou com dificuldade – Acho que você tem que ir.

– Eu tenho. – Assenti. Olhei sobre seu ombro e sorri para os outros Cullen.

– Edward, não a monopolize! – Emmett me tirou dos braços do meu Cullen e girou-me no ar. – Bellinham vou sentir tanto sua falta!

– Eu também, Emm! – O abracei pelo pescoço – Você sempre vai ser como um irmão tapado que eu não tenho.

– Háhá. – Ele me colocou no chão rindo – Você tenta ser hilária, mas isso só eu sei fazer.

– Verdade.

– Bella, querida. – Esme abriu os braços. Caminhei até ela e me aconcheguei ali – Espero que não deixe de me ligar.

– Jamais. – Ri.


Refrão


Eu estarei ao seu lado
Estas cinco palavras que eu juro para você
Quando você respira eu quero
Ser o ar para você
Eu estarei ao seu lado
Eu viveria e morreria por você
Roubaria o sol do céu para você
Palavras não podem dizer o que um amor pode fazer
Eu estarei ao seu lado

E eu não estava lá quando
você estava feliz
Eu não estava lá quando você estava triste
Eu não queria ter perdido seu aniversário, baby
Eu gostaria de ter visto você assoprar aquelas velas

Beijei sua bochecha e me afastei.

– Bells… – Meu pai me chamou. – Temos que ir.

– Já estou indo. – Mordi os lábios e voltei até Edward seus olhos estavam mais vermelhos e ele agora chorava novamente. – Eu te amo.

– Eu também te amo, princesa.

Colei nossos lábios novamente, eu ia sentir tanta falta daqueles lábios…

– Quando eu chegar lá, te ligo. – Prometi, limpando suas lágrimas. Ele retribuiu ao gesto.

– Estarei aguardando.

O beijei novamente, logo depois dei um passo para trás e acenei.

– Tchau…

– Tchau, Bells. – Eles sorriram.

Edward abraçou Esme e me lançou um beijo.

– Eu te amo… – Sibilei.

– Vamos, Isabella.

Minha mãe me segurou pelo braço e me arrastou para longe… Para longe da minha vida, para longe das pessoas que eu amava… Para longe do homem que eu amava e sempre amaria.

# – 7 Meses depois – #

=== x ===

=== Link Seguro & Obrigatório ===

(Edward com saudades de Bella)

http://listen.grooveshark.com/#/s/Always/mBdZs

Ou

http://www.youtube.com/watch?v=9BMwcO6_hyA&ob=av2e

Ou

http://www.4shared.com/audio/e1vvcMnF/always_-_jon_bon_jovy.htm

=== x ===

PDV Edward

Sentei-me na mesa junto ao meu irmão e sua namorada. Sim, Emmett havia se encontrado com a tal garota do Twitter aqui na faculdade e desde então os dois não se desgrudam, e o mais surpreendente é que ela é uma gata, e muito, muito inteligente. Ou seja, ela é tudo o que meu irmão não é.

Always (Sempre) – Bon Jovi.
Este Romeu está sangrando
Mas você não pode ver o seu sangue
São apenas alguns sentimentos
Que este velho sujeito jogou fora.
Tem chovido desde que você me deixou
Agora estou me afogando no dilúvio
Você sabe que sempre fui um lutador
Mas sem você, eu desisto

Agora não posso cantar uma canção de amor
Como deve ser cantada
Bem, acho que não sou mais tão bom
Mas querida, sou apenas eu

– Parece nervoso, Edward. – A loira jogou uma barra de chocolate em mim.

– Um pouco. – Mordi os lábios.

– Rose… – Me irmão beijou a bochecha dela – Lembra que eu te disse que Edward tinha uma namorada?

– Sim. – Ela assentiu – Isabella, certo?

– Exato. – Suspire. – É que Bella ficou de me ligar e até agor…

Parei de falar quando o celular vibrou em minha mão.

Sim, e eu te amarei, querida, sempre
E estarei ao seu lado por toda a eternidade sempre
Eu estarei lá até as estrelas deixarem de brilhar
Até os céus explodirem e as palavras não rimarem
E sei que quando eu morrer, você estará no meu pensamento
E eu te amarei sempre

– É ela. – Sorri. – Vou atender.

– Diga para ela que estou com saudades. – Emmett pediu.

– Certo.

Levantei-me e caminhei para fora do refeitório. Sentei-me em um banco debaixo de uma arvore que havia ali e atendi o celular.

– Amor! – Exclamei – Que saudades!

– Oi, amor… – A voz dela estava fraca – Eu também estou com saudades.

– Está ficando cada vez mais difícil ficar longe de você. – Choraminguei – Eu queria tanto te ver.

– Eu também, meu amor, eu também.

Nos dois ficamos em silêncio por um longo tempo, pude ouvir o som do seu choro.

– Edward, eu queria conversar com você. – Ela quebrou o silêncio depois de alguns segundos.

– Diga amor.

Agora as fotos que você deixou para trás
São apenas lembranças de uma vida diferente
Algumas que nos fizeram rir
Algumas que nos fizeram chorar
Uma que você fez ter que dizer adeus

– Ed, eu… eu acho que não podemos mais ficar assim…

Fechei os olhos impedindo que as lágrimas caíssem.

– Mas Bella…

– Mas nada, Edward! – Ela me cortou – Eu… Você… Quero dizer, isso não está fazendo bem para você! Esme me disse que você já não sai, não faz nada!

– Eu não tenho culpa de não ter vontade! Amor, não me deixa…

– Isso não está dando certo! – Ela chorava assim como eu – Você está deixando de viver por minha culpa.

– Não, eu não estou!

– Claro que está! – Bella suspirou – Você precisa encontrar alguém, meu amor. Você não pode ficar afogado em magoas.

– MAS EU NÃO QUERO NINGUÉM! – Gritei – Será que é difícil entender que eu te amo?! Como vou ficar com outra pessoa se você é a mulher que toma cada espaço do meu pensamento?

– Ed… Você sabe que eu tenho razão, estamos sofrendo tanto. Eu também estou sofrendo! O melhor é terminarmos tudo, assim ficará mais fácil para mim, não quero esperar que você encontre outra e venha me dizer que está acabando tudo porque encontrou uma pessoa que te completa, quero que tudo acabe com você ainda me amando.

O que eu não daria para passar meus dedos pelos seus
cabelos
Tocar em seus lábios, abraçá-la apertado
Quando você disser suas preces, tente entender
que eu cometi erros, sou apenas um homem
Quando ele abraçar você
Quando ele puxar você para perto
Quando ele disser as palavras
Que você precisa ouvir
Eu queria ser ele porque aquelas palavras são minhas
Para dizer a você até o fim dos tempos

– Eu não sei se sou capaz de te esquecer…

– Tente, meu amor. – Ela implorou – Você não pode ficar assim.

– Você não me quer mais? É isso?

– Não, pelo contrário. Eu te amo tanto, que só quero ver você feliz.

Passei a mão pelos cabelos, nervoso. As pessoas que caminhavam por ali me olhavam com curiosidade, será que eles nunca viram um homem chorar?!

Mas no fundo eu sabia que Bella tinha razão, eu não queria fazê-la sofrer, e também não podia negar que a distancia estava me matando aos poucos.

– Você tem razão… – Me rendi.

– É, eu tenho. – Seus soluços agora eram mais evidentes.

– Mas minha promessa ainda vai continuar, um dia eu vou te encontrar, meu amor!

Ela riu baixinho.

– É bom mesmo que você não desista dessa promessa, ou eu vou atrás de você só para te matar.

Sorri.

Sim, e eu te amarei, querida, sempre
E estarei ao seu lado por toda a eternidade sempre
Se você me dissesse para chorar por você, eu choraria
Se você me dissesse para morrer por você, eu morreria
Olhe para o meu rosto
Não há preço que eu não pagaria
Para dizer estas palavras a você

– Eu te amo, gostosa! Você vai ficar marcada em mim para sempre. – Toquei a tatto.

– Você também, amor, vai estar marcado em mim de um modo tão especial…

– Você não vai apagar a tatuagem então?

– Não! – Ela respondeu rapidamente – Isso também vai ficar marcado em mim.

– Como assim?

– Esquece amor. – Ela pigarreou – Olha, se eu te ligar, não atenda, ok? Eu sei que vou fazer isso, é mais forte do que eu.

– Vai ser difícil, mas eu faço tudo para te ver feliz. – Limpei as lágrimas do meu rosto.

– Obrigada amor. – Ela fungou – E se você ligar eu também não vou atender, juro.

Bem, não há sorte nestes dados viciados
Mas querida, se você me der apenas mais uma chance
Nós podemos refazer nossos antigos sonhos e nossas
antigas vidas
Encontraremos um lugar onde o sol ainda brilha
Sim, e eu te amarei, querida, sempre
E estarei ao seu lado por toda a eternidade sempre
Eu estarei lá até as estrelas deixarem de brilhar
Até os céus explodirem e as palavras não rimarem
E sei que quando eu morrer, você estará em meu
pensamento
E eu te amarei, querida, sempre.

– Espero que você não cumpra com sua palavra.

– Eu vou cumprir.

– Certo. – Suspirei – Antes que eu me esqueça, Emmett mandou-lhe um abraço.

– Diga ao grandão que estou com saudades.

– Pode deixar que eu digo sim.

– Obrigada Edward.

– Por nada.

Novamente o silêncio se estabilizou entre nós dois.

– Então… adeus? – Ela novamente quebrou o silêncio.

– Não, nunca vai ser um adeus! Se esqueceu que daqui a alguns anos você será minha?

Ela riu.

– Espero que sim. Eu te amo.

– Eu também te amo.

Então a ligação caiu.

Fechei o celular e fiquei ali por um tempo, olhando para o vazio… Era assim que eu me sentia agora: vazio.

PDV Bella

Coloquei o celular sobre a mesa e limpei meu rosto. Céus, eu ainda não sabia como consegui fazer isso, mas eu sabia que era preciso, eu não podia privar Edward de viver, ele era jovem – assim como eu – e merecia fazer o que quer, sem medo de me magoar.

– Querida… – Minha mãe estendeu a mãos para tocar a minha, mas eu a puxei – Você sabe que isso foi o melhor que você fez.

– É, eu sei.

– Pense bem, agora sua vida está quase voltando no eixo. – Ela sorriu – Só falta uma coisa para você voltar ser aquela garota normal.

– SEM CHANCES! – Gritei. Todos que estavam na cafeteria viraram para nos olhar, me encolhi na cadeira e inclinei-me para frente – Eu já disse que isso está fora de cogitação!

– Bella, como você vai conseguir fazer faculdade e… e… – Ela fez uma cara de nojo – Cuidar desse bebê?

– Eu dou meu jeito! – Dei de ombros.

– Mas você poderia abortar, seria mais fácil e pratico.

A olhei incrédula.

– Você tem noção do que você acabou de dizer? – Indaguei – Você… você está me propondo novamente para que tire meu bebê, mãe eu já estou com quase oito meses, você nem pensou na hipótese de que isso pode me matar?! – Soquei a mesa – Eu nunca, jamais faria isso com o fruto do meu amor com Edward!

– Amor?! – Ela riu – Isso foi só uma paixonite, que ainda te deixou marcas que vai desgraçar sua vida.

Levantei-me da cadeira.

– Eu tenho nojo e dó de você… – Cuspi e saí de lá.

– Bella, espere! – Renée veio atrás de mim.

Alarguei os passos para atravessar a rua antes que o sinal abrisse.

– BELLA, CUIDADO!

Olhei para o lado e vi um carro vindo em minha direção. Não tive tempo de reagir, o carro já estava muito próximo.

=== FIM ===

N/A: Então, gostaram?!

COMENTEM, RECOMENDEM, INDIQUEM *—*

Eu já comecei o capitulo 1 da 2 fase, mas não consigo bolar uma Sinopse.

Espero que vocês tenham gostado! *—–*

P.s: A segunda fase vai demorar um pouquinho para ser postada, é que eu tenho que atualizar minhas outras fics. *I’m Sorry, Não era para ser assim, O Reencontro e New Breaking dawn*

Beijos! *—*

P.s²: Se alguém já leu minha One-Shot: You Will Come Back To Me, mas ainda não leu o bônus. Clique no link abaixo e leia.

http://fanfiction.nyah.com.br/historia/82658/One_Shot_-_You_Will_Come_Back_To_Me

Se não querem ler, mas querem me ajudar, Votem nela:

(You Will Come Back To Me – por Cocenza)

http://twicontest.blogspot.com/2010/09/melhor-do-bimestre.html

Obrigada novamente o/

Outras fics da Caah:

I’m Sorry

O Reencontro

New Breaking Dawn

Obrigada, Caahcocenza

Agradeço a vocês garotas:

65 usuários acompanham esta história e foram notificados por e-mail: Mione_Granger_9, kelly-chan, Sof_Mika, Branca, alma, mariana1002, JullysBlim, Vinha Lopes, reginafil, kryss, Sandrinhahp, ferg, julinha120, nan_dinha, carlaluisa, Monica Cullen, Elih, naro26, JennyDay, club, lokinha, Rayani, Mii, PaulaLittrell, valcullen, sempre, claraz, Camylle, twilunna, Larii_Cullen, adri, lay_mimosinha, Edward_Cullen, roquete, bellascullen, Angel_Hero, cami_cullen, My_Sweetie, Kaline, annamasencullen, graazi, elizadecode, BijuCullen, catiaeu, GVBA, Kah_Nanda, NANASS, maahcullen, Ramonielly_, sakura09, JuhCullen13, lissa_cullen, patyrelax, bellamarieswan, bonno, Mii, Kel Lowey, Blood_Sucker_, aninha2011, tatynha_love, GVBA, Lala_Mama, MandyMcLauglin, Mari_Carlie, Juli_MSCullen

  1. ta vendoo quando eu falo vc diz q é mentira q vc ñ é Má
    tó me desfazendo em lagrimas akii e termina assim
    vou ter um infarte menina……………..

    fico mega lindooo

    PARABÈNS Cáah

  2. Caaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
    Como vc teve a coragem de parar ai heim!?
    To tendo um infarte aqui…No cap anterior eu já suspeitava que a Bella ia ficar grávida…aiing amore não para nãooo.
    Bjs

  3. caraaa… Muito 10! Posta maisss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: