Capitulo 8

Capitulo 8 – Merece comemoração.

– OMG! – Pulei no pescoço de Edward – Fomos aceitos!

– Sim princesa. – Edward girou-me no ar.

– Stanford, ai vamos nós! – Berrei.

Os alunos que passavam por ali me olharam como se eu fosse doida.

– Vocês não vão acreditar quando eu disser que fui aceito em Stanford! – Emmett aproximou-se pulando.

– Você já disse… – Revirei os olhos – E sim, eu não vou acreditar.

– Pois é cunhadinha. – Deu dois tapinhas em meu ombros – EU FUI ACEITO!

– Isso é serio? – Perguntei a Edward.

Ele assentiu dando de ombros.

– Ok, precisamos comemorar! – Falei entusiasmada – Não é todo dia que aceitam um burro.

– O Edward também foi aceito?

Ri.

– Foi, mas esquece. – Preferi não dizer que o burro era ele. – Porque não vamos para Port Angeles hoje?

– Hoje é a inauguração de uma nova boate.

– Acho exagero – Edward se impôs – Duvido que sua mãe vá deixar você sair comigo e Emm.

– Então… – Virei para Emmett ignorando o estraga prazer do meu namorado. – Quem sabe você não arruma uma namorada.

– Eu tenho namorada – Emm falou – A conheci no twitter, e ela está em Seattle… – Tirou o celular do bolso – Vou twittar para ela, quem sabe a gente não marca um encontro lá.

Emmett sentou-se em um banco próximo a nós, enquanto mexia no celular.

– Ele sabe que não é bom confiar em pessoas que não se conhece né? – Perguntei em um sussurro para Edward.

– Ele já conversa com essa menina a um bom tempo – Deu de ombros.

– Você vai né? – Indaguei enlaçando seu pescoço. – Por favor, por favor, por favor…

– Tudo bem… – Selou nossos lábios – Claro que vou, ou acha que iria deixar minha gata sozinha em um lugar como esse?!

– Obrigada amor!

– Poxa… – Emmett levantou-se fungando – Ela não pode ir.

Soltei um risinho.

– Que pena… – Fiz minha melhor cara triste – Então isso significa que você vai para uma balada e não vai pegar ninguém?

– Claro que não! – Rolou os olhos – Nós temos uma relação aberta, minha loira entendeu que temos necessidades e já que não podemos nos saciar junto resolvemos ter essa relação aberta.

– Que estranho… – Olhei para Edward – Eu nunca toparia isso.

– Muito menos eu.

[…]

Depois da aula dei uma carona para Edward e Emmett. Combinamos que eu passaria as 21h30min na casa deles.

– Emmett vai entrando que eu já vou. – Edward falou para o irmão que saia do carro.

– Vão ficar de suruba ai dentro né…

– EMMETT! – O repreendi.

– Ok, Ok, vou fingir que acredito… – Murmurou enquanto caminhava em direção a casa.

Soltei meu cinto e virei-me no banco.

– Nós quase não nos tocamos hoje… – Sussurrei enquanto puxava Edward pelo queixo e colava nossos lábios.

– À noite eu te recompenso… – Arranhou meus lábios com seus dentes. – Preciso entrar, Esme queria que eu arrumasse algo para ela.

– Tudo bem.

– Eu te amo.

– Eu também.

Edward saiu do carro e entrou em sua casa, liguei o carro e dirigi para a minha.

[…]

– Bella semana que vem é o baile, já comprou seu vestido? – Ângela indagou.

Estávamos falando a meia hora no celular.

– Claro que já.

– Você vai com Edward?

– Aham…

– Sua mãe vai te matar.

Revirei os olhos. Olhei para o relógio e constatei que era hora de começar a me arrumar.

– Ang, me desculpa, preciso desligar… – Sentei-me na cama – Edward, eu e Emm vamos para Port Angeles hoje.

– Tudo bem amiga, até amanhã na escola.

Desliguei o celular e corri para o banheiro.

PDV Edward

– Como estou? – Emmett girou no meio da sala – Gostoso?

Revirei os olhos e voltei minha atenção há tv, Bella chegaria daqui a pouco.

– Está lindo meu bebê…

– Mãe eu não sou um bebê!

Ri alto ao ver Esme apertando as bochechas de Emm.

– Porque está rindo bebê da mamãe?! – Minha mãe caminhou em minha direção e sentou-se ao meu lado no sofá. – Lembro-me de quando você era pequenininho e cabia em meus braços…

– Eu também não sou bebê… – Resmunguei jogando minhas pernas no braço do sofá e deitando minha cabeça em seu colo.

– Você sempre vai ser o meu bebê. – Acariciou minhas madeixas.

Sorri. Não importava nossa idade, minha mãe sempre nos trataria assim.

– Mãe, qual é a sensação de ter um filho? – Indaguei.

– OMG, Bella está grávida?!

– Não… – Gargalhei – Só… queria saber.

Esme suspirou aliviada.

– Bem… é a melhor coisa do mundo. – Mordeu os lábios parecendo perdida em lembranças – Quando você vê aquele ser minúsculo em seus braços, é algo inexplicável, é o fruto de um amor sabe, a gente fica meio sem rumo.

– Parece ser um momento especial.

– É sim filho.

– Que nada… – Emmett bufou – Filho só traz prejuízo…

– Emmett não fale assim! – Minha mãe o repreendeu.

– Mas é a mais pura verdade, pense bem… – Estendeu a mão direita e passou a contar nos dedos – Você precisa acordar a noite, você tem muitos gastos, sua mulher tem que ficar um mês sem sexo conseqüentemente você tem que ficar sem sexo e…

– Ok… – Levantei-me – Chega, se você pensa assim… – Dei de ombros – Eu quero ter filhos, com Bella claro.

– Que bom, porque eu também quero!

Virei-me em direção a voz e vi Bella e Carlisle na porta.

– Por isso estão praticando…

– EMMETT!

– Bem, eu quero ser avô – Carlisle sorriu passando seu braço sobre o ombro de Bella.

– E eu também! – Minha mãe levantou-se e caminhou até eles, dando um abraço em Bella e um beijo em meu pai – Mas vocês podem esperar um pouco né?

Bella e eu rimos.

– Só depois de casar. – Falou convicta.

– Isso é uma indireta? – Arqueei uma sobrancelha.

– Talvez… – Deu de ombros, caminhou até mim e entrelaçou nossos dedos.

– Vamos? – Perguntei.

– Claro.

PDV Bella

A boate estava lotada, Emmett logo sumiu no meio da multidão, agarrei bem as mãos de Edward, eu não queria que ele fosse levado.

– Vamos dançar? – Perguntei em seu ouvido por conta do som alto.

Edward sorriu e saiu me puxando para o meio da aglomeração.

=== Link Seguro ===

(Ke$ha – Tik Tok)

http://www.youtube.com/watch?v=O_AAn24fEk8

ou

http://www.radio.uol.com.br/#/musica/ke%24ha/tik-tok/212819

***

Edward colocou uma mão em minha cintura, enquanto dançava sensualmente. Meu namorado era gostoso, fato!

Joguei os braços para o ar e entrei no ritmo da batida. Mordi meus lábios sensualmente enquanto descia até o chão, Edward puxou-me contra seu corpo e encostou seus lábios em meu ouvido.

– Amor, está me provocando? – Indagou.

– Eu? – Mordisquei o lobulo de seu ouvido – Não amor, só estou dançando.

Soltei-me dele e passei a dançar sozinha, de costas para ele.

Seus braços fecharam-se ao redor da minha cintura, puxando-me para si novamente. Encostei minha cabeça em seu ombro enquanto continuava a dançar. Seus lábios deraparam pelo meu pescoço, intercalando entre beijos e mordidas.

Suspirei. Virei-me de frente para ele e grudei minha bochecha na sua.

– Vamos pegar algo para beber? Tá calor…

– Vamos amor.

Ele pegou minha mão e me puxou para um canto mais afastado.

– O que você quer? – Edward encostou-me na parede e colou nossos lábios.

– Eu quero tantas coisas… – Gemi.

– Estou querendo saber o que você quer para beber. – Edward gargalhou.

– Ah… – Mordi os lábios sem graça – Ice.

– Espera que eu já volto.

Encostei-me na parede, para esperar Edward.

– Ei Bella, Edward te deixou sozinha? – Perguntou surpreso.

– Não, só fui pegar duas bebidas… – Meu namorado estendeu uma garrafa de Ice para mim, mas Emm a puxou.

– Idiota, pegue a sua! – Xinguei.

Emmett lambeu o bico da garrafa e a estendeu para mim.

– Prontinho…

– Ew!

– Eu divido a minha com você meu amor… – Edward entregou a garrafa para mim e se aproximou para me beijar, mas virou para encarar o irmão – Serio que você vai segurar vela?!

– Claro que não, vou azarar.

Edward voltou a colar seu corpo contra o meu, enquanto seus lábios brincavam em meu pescoço, deixando-me excitada.

– Amor não faz isso… – Gemi em seu ouvido.

– Mas eu quero fazer isso… – Contornou meus lábios com sua língua – Quero fazer muitas coisas com você.

Fechei os olhos tentando manter o controle, céus. Mas eu não ia ficar atrás, ele estava me provocando, eu também iria provoca-ló.

Inverti nossa posição, Edward abriu um pouco a perna para me encaixar ali, mas só encaixei uma perna, me acochando nele. Suas mãos apertaram minha cintura quando ergui um pouco minha perna para roçar meu joelho em seu membro. O lugar em que estávamos era escuro, então aproveitei para escorregar minha mão pelo seu peito até o feixe de sua calça e a abri, colocando minha mão por dentro de sua boxe e apertando seu membro.

– Bells… – Edward deitou sua cabeça em meu ombro, apertando mais meu corpo contra o seu. – Se você continuar eu vou gozar…

Soltei sua mão e sai arrastando-o, eu conhecia aquele lugar, antes de se tornar uma boate era uma escola de balé, Reneé me matriculou quando era menor.

– Para onde estamos indo?

– Aqui… – Achei uma porta e a abri puxando Edward para dentro e trancando-a. – Agora você vai gozar, mas dentro de mim.

O puxei pela gola da camisa até o canto da grande sala, sentei-me na mesa que tinha ali.

– Safada… – Edward abriu minha perna e se encaixou ali, roçando seu membro em mim – Olha como você me deixou, eu estou até dolorido…

– Pode deixar que eu te alivio amor…

Rapidamente me livrei de sua camisa e aproveitei para lamber aquele tórax malhado.

Eu sentia as mãos de Edward despindo-me, mas eu estava tão concentrada em seu corpo que só voltei a realidade quando Edward retirou meu sutiã e abocanhou meus seios.

– Edward… – Gemi alto, eu poderia gemer o quanto quisesse que ninguém ouvisse por conta do som alto.

– Geme amor, geme para o seu homem…

Levei minha mão até o cós de sua calça – que ainda estava aberta -, e a puxei para baixo. Desci da mesa e me ajoelhei na frente de Edward, puxei sua boxe branca até seu joelho e peguei seu membro rígido.

– Oh amor… – Edward gemeu colocando suas mãos em meu cabelo.

Lambi lentamente sua cabeça e desci por toda sua extensão.

– Chupa amor… – Ele implorou.

Sorri. Coloquei só sua cabeça em minha boca e a mordi devagar e sensualmente. Levei minha outra mão até seus testículos e comecei a massageá-los.

– PORRA BELLA! – Edward rosnou e estocou em minha boca.

Engoli até o seu talo e voltei chupando, para depois repetir o mesmo ato, só que mais rápido e forte.

Surpreendi-me quando Edward agarrou-me e jogou-me sobre a mesa. Suas mãos tiraram minha calça e rasgaram minha calcinha, eu gemi.

– Você gosta que eu seja bruto?! – Perguntou em forma ameaçadora, isso só contribuiu para que eu me sentisse mais molhada.

– Aham…

– Vou te mostrar o que acontece quando fico assim!

Ele ergueu minhas pernas e as pousou em seus ombros, cada mão sua segurava uma coxa minha enquanto Edward mordia minha virilha e dava leves tapinhas com sua língua em meu clitóris.

– Edward…

Ele me olhou sorrindo e abocanhou meus lábios, chupando-os e lambendo-os. Joguei a cabeça para trás e fechei os olhos. Ele fez mensão de se afastar, mas eu agarrei seus cabelos e o forcei a ficar ali, enquanto começava a rebolar em seu rosto. Meus gemidos eram cada vez mais freqüentes, eu não conseguia me controlar.

Senti a língua de Edward me penetrando e rodando dentro de mim. Soltei seus cabelos e agarrei a borda da mesa enquanto gritava seu nome. Ele riu contra mim e me penetrou com dois dedos.

Céus, eu ia morrer.

– Edward… – O chamei gemendo.

– Bella, fique quieta, eu pedi para você falar? – Rosnou.

Foi à deixa para que eu gozasse em seus dedos.

– Você é uma menina muito mal, eu deixei você desperdiçar meu mel?!

– Não… – Sussurrei arfando. – Edward vem logo amor, eu estou tão molhada.

– Pode ficar tranqüila, eu vou te foder gostoso.

Edward saiu de entre minhas pernas e eu resmunguei.

– Volta aqui Edward! – Gritei.

– Não grite Isabella, ou seu castigo será pior.

Edward colocou nossas roupas no chão, formando um tipo de lençol ou algo do tipo.

– Vem, aqui tenho mais espaço para te amar. – Falou carinhoso.

Sai da mesa e fui até ele. Edward puxou-me pela cintura e me deitou no sobre nossas roupas.

Ele colocou seu corpo sobre o meu e passou a distribuir beijos cálidos pelo meu corpo.

– Edward… – O puxei com minhas pernas – Eu quero que você me foda brutamente…

– Bella, eu acho que não, posso te machucar.

Ok, eu teria que provocar.

– Você parece muito delicado para isso né?

– Bella você está me chamando de gay? – Indagou incrédulo, mas eu podia ver o tom negro tomando seus olhos – Vou te mostrar quem é o delicado aqui.

Meu namorado arreganhou minhas pernas e me penetrou em uma só estocada. O enlacei com minhas pernas e passei a rebolar sob seu corpo.

– Quem é o delicado?! – Estocou com força fazendo-me revirar os olhos de prazer e gemer.

Suas estocadas eram firmes e selvagens, o puxei pela nuca beijando-o violentamente, enquanto deixava minhas mãos aranharem suas costas.

– ISSO AMOR! – Incentivei.

– Você quer brutalidade… você… vai… ter… – Ele aumentou mais anda o ritmo e me deu um tapa.

– Hmm… – Gemi.

Ok, eu estava virando sadomazoquista?!

Senti minhas pernas tremerem enquanto Edward puxava meu quadril de encontro ao seu. O êxtase veio em sincronia, Edward explodiu ao mesmo tempo em que eu e caiu exausto sobre mim.

PDV Edward

Enterrei meu rosto em seu pescoço e pude ouvir Bella ainda gemendo. Será que eu a machuquei?

– Bella, está tudo bem? – Indaguei, mas ela só gemeu.

– Não se… hmm… mexa. – Fechou os olhos.

Levantei-me minimamente de cima dela e a mesma me puxou para baixo.

– Porra eu pedi para você não se mexer! – Gemeu – Eu ainda estou gozando.

Ergui o rosto um pouco para encara-lá, Bella parecia estar tendo orgasmos múltiplos. Sorri malignamente, e em um movimento rápido sai de dentro dela e entrei novamente. Ela soltou um grito estridente e depois mordeu meu ombro com força.

Esperei ela se recuperar.

– Está melhor? – Perguntei.

– Uau, eu nunca gozei tantas vezes em uma só transa.

– Você consegue sentir suas pernas? – Indaguei rindo.

– Por enquanto não… – Sussurrou baixinho. – OMG, será que fiquei paraplégica?!

– Não amor… – Gargalhei saindo de dentro dela e me sentando – É normal quando a mulher tem orgasmos múltiplos.

– É melhor sairmos daqui. – Sugeriu.

A ajudei se levantar. Colocamos nossas roupas e antes de sair da sala a puxei para um beijo calmo e apaixonado.

– Eu te amo. – Mordi seu nariz.

– Eu também te amo amor. – Entrelaçou nossos dedos – Agora vamos procurar seu irmão.

Saímos da sala e voltamos para o local mais movimentado.

– Onde será que Emmett está?! – Perguntei.

– Eu não s… OMG! – Bella tapou a própria boca enquanto apontava para o deck, Emm estava sobre o balcão, sem camiseta, com muitas mulheres colocando notas em sua cueca.

– Pelo menos ele descobriu um modo de ganhar dinheiro. – falei em seu ouvido para que ela ouvisse – Vamos lá busca-lo.

Quando Emmett nos viu se aproximando pulou do balcão e veio nos abraçar.

– EU JÁ DISSE QUE AMO VOCÊS?!

– Nossa que bafo! – Bella abanou o ar. – Emm ta na hora de irmos… – Olhou no relógio do pulso, já são 03h10min.

– OK, SÓ DEIXA EU ME DESPEDIR DAS MINHAS AMIGAS! – Voltou até o balcão e deu um beijo na boca de cada mulher que estava lá, ao todo eram sete. – AGORA PODEMOS IR, EMM TA FELIZ!

Bella e eu gargalhamos e saímos puxando-o para fora.

[…]

[N/A: Liguem a musica, vai ficar super hilario]

Spice Girls – Wannabe

http://www.youtube.com/watch?v=zvO2IvL0sBM

***

– Yo I’ll tell you what I want, what I really really want. – Emmett berrou. (Hei, Direi o que quero o que realmente realmente quero)

– So tell me what you want, what you really really want, – Minha namorada entrou no ritmo, fazendo um dueto com Emmett. ( Então me diga o que quer e o que realmente realmente quer)

– I’ll tell you what I want, what I really really want, (Direi o que quero o que realmente realmente quero)

– So tell me what you want, what you really really want, (Então me diga o que quer e o que realmente quer)

– I wanna, I wanna, I wanna, I wanna, I wanna really really really wanna zigazig ha. (Eu quero, quero, quero Quer realmente quero “zig zig” ah)

– Se o meu irmão não calar a boca, eu juro que tomo a direção e jogo o carro contra uma caminhão. – Ameacei.

– Relaxa amor… – Bella sorriu – EU ADORO ESSA MUSICA!

– BELLINHA EU TAMBÉM!! ESSA PARTE É MINHA!- Emmett berrou tirando o tênis e fazendo de microfone. – If you want my future forget my past, If you wanna get with me better make it fast, Now don’t go wasting my precious time, Get your act together we could be just fine.

(Se você quiser meu futuro, esqueça meu passado Se quiser ficar comigo melhor ir rapido Agora, não me faça perder o meu tempo precioso Endireite-se, nós poderíamos nos dar bem)

E os dois se empolgaram…

I’ll tell you what I want, what I really really want,
So tell me what you want, what you really really want,
I wanna, I wanna, I wanna, I wanna, I wanna really
really really wanna zigazig ha.

If you wanna be my lover, you gotta get with my friends,
Make it last forever friendship never ends,
If you wanna be my lover, you have got to give,
Taking is too easy, but that’s the way it is.

What do you think about that now you know how I feel,
Say you can handle my love are you for real,
I won’t be hasty, I’ll give you a try,
If you really bug me then I’ll say goodbye.

Yo I’ll tell you what I want, what I really really want,
So tell me what you want, what you really really want,
I wanna, I wanna, I wanna, I wanna, I wanna really
really really wanna zig zig ha.

If you wanna be my lover, you gotta get with my friends,
Make it last forever friendship never ends,
If you wanna be my lover, you have got to give,
Taking is too easy, but that’s the way it is.

So here’s a story from A to Z, you wanna get with me
you gotta listen carefully,
We got Em in the place who likes it in your face,
We got G like MC who likes it on an
Easy V doesn’t come for free, she’s a real lady,
and as for me, ha you’ll see,
Slam your body down and wind it all around,
Slam your body down and wind it all around.

If you wanna be my lover, you gotta get with my friends,
Make it last forever friendship never ends,
If you wanna be my lover, you have got to give,
Taking is too easy, but that’s the way it is.

If you wanna be my lover, you gotta, you gotta, you gotta,
you gotta, you gotta, slam, slam, slam, slam,
Slam your body down and wind it all around,
Slam your body down and wind it all around,
Slam your body down and wind it all around,
Slam your body down zigazig ah.
If you wanna be my lover.

Endireite-se, nós poderíamos nos dar bem

Direi o que quero o que realmente realmente quero
Então me diga o que quer e o que realmente realmente quer

Eu quero, quero, quero, quero
Quer realmente quero “zig zig” ah

Se quiser ser meu amante
Voce tem que se dar com meus amigos
Faça durar para sempre
A amizade nunca termina
Se quiser ser meu amante
Voce tem que dar
Apoderar-se é fácil demais mas é assim mesmo

O que voce acha disso?
Agora voce sabe como me sinto
Diga que pode lidar com o meu amor
(está falando sério?)
Não serei apressada, lhe darei uma chance
Se voce realmente me incomodar então direi adeus

Direi o que quero o que realmente realmente quero
Então me diga o que quer o que realmente realmente quer

Eu quero, quero, quero, quero
Quer realmente quero “zig zig” ah

Se quiser ser meu amante
Voce tem que que se atirar
Faça durar para sempre
Atire-se ao chão e role
Atire-se ao chão e “zig zig” ah

Então aqui vai uma história de A a Z
(se) voce quiser ficar comigo
Tem que ouvir atentamente
Nós colocamos “mi menor” no lugar
Quem gosta de ser criticado?
Nós temos “sol” como “dó central”
Quem gosta disso ligado?
Uma vitória fácil não vem de graça
Ela é uma verdadeira dama
E quanto a eles você verá
Atire-se ao chão e role

Se quiser ser meu amante
Voce tem(5x) que se atirar(4x)
Faça durar para sempre
Atire-se ao chão e role(3x)
Atire-se ao chão e “zig zig” ah
Se quiser ser meu amante

Quando menos percebi até eu tava cantando o fim da musica. Ok, a musica era contagiante, não podia negar.

– UHUUU!!! – Bella e Emmett comemoraram.

– Vocês são doidos. – Gargalhei.

O resto da viagem passou rápido, Bella nos deixou em casa e foi para a sua.

PDV Bella

Entrei em casa rindo sozinha, subi para o meu quarto e liguei para Edward.

– Cheguei viva… – Anunciei.

– Que bom amor. – Edward riu baixo.

– O que está acontecendo?! – Indaguei.

– Emm ta fazendo um Stripper para os meus pais, cantando Spice girls.

Deitei-me na cama e ri.

– O Emm pode ter esse jeito louco, mas ele é muito especial.

– Que é isso Isabella, está dando encima do meu irmão?!

– Jamais amor. – Gargalhei – Bem, boa noite, só liguei porque você pediu.

– Eu não conseguiria dormir sem saber se você chegou bem ou não.

Mordi os lábios, ele é tão fofo.

– Até mais amor, eu te amo.

– Eu também princesa, sonhe comigo.

– Sempre.

Desliguei o celular, fui até meu closet, peguei uma camisola me troquei. Foi só encostar minha cabeça no travesseiro para o sono chegar.

~x~x~x~x~x~x~


N/A: Então, o que acharam?! 😀 Espero que tenham gostado *-* COMENTEM OK?!

E… ah, o fim da primeira fase já está proximo 😦

Anúncios
  1. AMEI- PARABÉNS E CONTINUE ASSIM – para o seu bem – HAHAHA’ ZUERA =D
    beijoss

  2. Parabéns flor
    excelente histoia
    li tudinho de uma vez é quero mais muito mais
    continue assim.
    Só para min ter uma ideia de quando em quando tempo vc posta?
    Ed mais que perfeito
    xoxô para cobra da renne
    Belinha lute pelo GOSTOSO de Ed, se não pego pra min
    Emm e sempre Emm por isso perfeitos as piadinhas de le é o melhor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: