Capitulo 12

No Capitulo Anterior…

***************************************

Era o meu voô, o voô para a minha nova vida, um novo recomeço, onde tentaria superar as perdas, onde refazeria minha vida.

– Tenho que ir. Te amo tá.

Dei mais um abraço em Emm e fui para o portão de embarque, sem olhar para tras, pois se eu olhasse eu sabia que iria desistir, e eu não podia fazer isso, era o melhor para mim, o melhor para ele.

Entrei no avião, sentei na minha poutrona coloquei meus punhos contra o rosto e chorei. Apartir de hoje eu não iria mais vê-lo, muito menos beija-ló, não sei como sobreviveria sem seu calor, seu cheiro, sua voz… mas eu tentaria, ele deve estar no baile, dançando se divertindo com outra, alias, ele nem me ama nunca me amou, tudo foi uma farsa, me iludi, amei quem nunca mereceu…

*************************************

2º Fase – Capitulo 12 – Recomeçando

PDV Edward

Já fazia quase dois meses que estávamos separados, dois longos meses que Bella se foi. Por que ainda contava isso?! Já estávamos na universidade, eu estava morrando perto do campus em um apartamento, no mesmo predio que os meus amigos. Minha vida está um caos. Não sei mais o que fazer… Minha vida é boate, bebida e sexo. Não estou reclamando, porque antes de Bella a minha vida era essa.

Eu realmente me desleixei. Agarrando uma morena, ela era linda de corpo e de rosto também. Só que ao olhar em seus olhos… Aqueles olhos castanhos me lembraram os olhos cor de chocolate de Bella. Balancei a cabeça para esvair a imagem de Bella em minha mente, mas não obtive muitos sucessos.

Bebi bem mais que o normal nessa noite. Fui para o apartamento da morena que não me lembro o nome agora e antes que eu fechasse a porta do mesmo, a garota me empurrara para a parede, me agarrando e me beijando. O meu amiguinho já começara a dar sinal de animação… Amassos aqui, mão boba ali, gemidos de prazer de ambas as partes… Minutos depois eu estava ao lado dela em sua cama.

Perdi as inúmeras vezes que a chamei de “Bella” durante o ato. Eu tenho que me livrar dela, sinceramente. Está atrapalhando a minha concentração, fato. Depois de mais duas vezes fazendo o que eu sei fazer de melhor, ela tombou para o lado da cama e se aconchegou em meus braços, passando a perna por cima do meu tronco e fazendo carinho em meu peito, do mesmo modo que Bella fez quando tivemos nossa primeira e unica noite juntos…

PUTA QUE PARIU! SERÁ QUE EU NÃO VOU ESQUECÊ-LA MESMO?

Por mais que eu tivesse acabado de transar com uma mulher incrivelmente gostosa e haver chamado o nome de Bella várias vezes durante o ato, lembro perfeitamente da nossa primeira noite em Forks. Parece tão distante… Levantei-me aturdido da cama, eu estava ficando sentimental demais. A mulher, que agora me lembre seu nome: Jhennifer, se levantou um pouco da cama, pela brutalidade com qual saí.

– Aonde vai, gatinho? – ela me olhara, maliciosa.

– Embora. – disse ríspido.

Não estava nem um pouco a fim de agüentar mulher chorosa e grudenta no meu pé, não mesmo.

– Mas… Já? – ela me olhara com seus olhos castanhos e tristes pra mim.

– Já. – respondi seco, já catando minhas roupas.

Ela não reclamou, somente ficara sentada na cama me olhando. Terminei de me vesti e ela me levou até a porta e eu dei um beijo em sua bochecha saindo dali. Dirigi meu Volvo para o meu apartamento, me joguei na cama. Senti uma lágrima escorrer pela minha face.

Chega Edward Cullen! Ela acabou com tudo, lembra? Não deixou você se explicar, mesmo que o que você fizera não tinha explicação, mas ela não deixou… Gritava minha consciência. Nesse quase dois mêses, mal fiquei sabendo de noticias dela, eu e Emmett já haviamos voltado a nos falar.

Abri a gaveta ao lado da cama, onde tinha a carta que ela entregou deixou para nós, meus amigos deram a liberdade da carta ficar comigo. Comecei a ler as ultimas linhas, as linhas que ela falava de mim.

***

… Emmett eu te amo, muito, mas infelizmente eu o amo mais, muito mais, e é impossivel aguentar essa dor no meu peito, o melhor a fazer é ir para longe, o mais longe possivel, tentar colar os cacos do meu coração, um coração que nunca mais vai ser o mesmo, sempre vai estar colado, repleto de rachaduras, rachaduras que não tem concerto e nem cura. Edward concerteza está lendo essa carta, eu só quero que saiba que te amei mais do tudo, mais do que todos, eu me entreguei de corpo e alma a essa paixão. Quando você disse que me amava, naquela noite – noite da qual eu nunca vou me esquecer -, eu senti uma felicidade imensa, juro que até acreditei em você naquela hora, mas depois do que escutei, como você pode? Como pode fazer isso? Eu pedi para você, implorei, disse que não queria sofrer. Mas esqueça tudo isso, só quero que você nunca passe pelo que passei, pois é a pior dor que existe, e eu nunca gostaria de ver você sofrer, por mais que eu tenha odio e raiva de você… eu ainda te amo, e juro que… nunca vou te esquecer. Peço que seja feliz e não me procure, vai ser melhor pra mim, vai ser melhor pra nós… Amo todos vocês…

***

 

Não sei da onde surgia tantas lágrimas, já chorei tanto que fico abobalhado por não ter secado todas as lágrimas que existe dentro de mim.

PDV Bella


Faziam exatos dois meses que cheguei em Vancouver, mas eu ainda chorava todas as noites, sempre ligava para Emmett, ele não comentava nada sobre Edward, a ultima noticia sobre ele, foi caah quem me deu, ela disse que ele estava deslexado, bebia demais e sofria muito.

Hilario! Porque sofreria se nunca gostou de mim?

Eu ainda sofria muito, assim que cheguei aqui consegui um apartamento, nesses dois meses a faculdade já tinha começado, eu estava conseguindo acompanhar a turma muito bem, medicina era algo que eu sempre quis fazer, e que minha mãe sempre quis que eu me formasse.

Meu apartamento ficava proximo ao campus, minha rotina era Trabalho, apartamento, Faculdade, apartamento. minha vida já tinha ganhado uma rotina, eu tinha algumas amigas e amigos, eles sempre me convidavam para sair, mas eu sempre negava, não tinha cabeça para isso. Eu estava trabalhando como ajudante de uma doutora, em uma clinica particular, era algo que eu definitivamente não precisava fazer, o dinheiro que eu tinha dava para pagar a faculdade e minhas despezas, mas eu não conseguia ficar um segundo parada, quando isso acontecia eu começava a lembrar dele, das coisas que ele me dizia….

“- Nossa, me esqueci! Merda! – Ele olhou para mim e sorriu – Sorte que minha parceira é a garota mais esperta da escola…

“- E quem liga? Não devo satisfação da minha vida a eles.

“- Que cola o que bella, eu só queria te conhecer melhor sabe? Você é irmã do meu melhor amigo e eu nunca falei contigo…

“- E quem disse que você é feia?

“- Podiamos mudar essa rotina, que tal?”

“- Tipo…eu.e.você.amanhã.cinema… que tal? “

“- Nossa você…você está linda. “

“- Mas por que não quer ficar comigo então? – “

“- Mas é verdade… Muitas garotas dariam tudo para ser como você…Você só não é bonita, você é meiga, engraçada, delicada…especial. “

“- Bella… por favor, me de uma chance…”

..

“- Eu te amo, Bella.”

MERDA! Porque eu ainda me lembro dessas coisas? AH já sei é porque:

EU SOU UMA IDIOTA, BURRA QUE GOSTA DE SOFRER! CONFORMESSE ISABELLA, VOCÊ FOI SÓ UMA APOSTA, UM PASSATEMPO! ELE NUNCA TE AMOU.

Limpei as lagrimas, sai do sofá, fui para o meu quarto, peguei meu violão e meu caderno, as unicas coisas que eu fazia agora, quando me sentia triste, era compor, por toda minha infelicidade, tristeza, em letras, no papel.

Mas eu já jurei a mim mesma, vou deixar Edward Masen Cullen de lado. Dani-se ele, nesse momento o desgraçado deve estar rindo da minha cara, rindo por ter conseguido ficar comigo, fazer-me apaixonar por si, e ganhar a aposta.

Olhei pela janela e a rua estava repleta de neve, estava um frio do cão. Peguei meu celular e liguei para Caah.

PDV Caah

Estávamos todos juntos, no apartamento de Alice, jacob e eu estavamos sentados no sofá, Alice e Jasper no outro, Rosalie e Emmett estavam sentados no chão, e Edward, bem.. ele estava na poutrona, paradão, como se tivesse em outro mundo.

– Caah seu celular está tocando. – Jasper apontou para meu celular que estava encima da mesinha, nem tinha notado que estava tocando pelo fato da musica estar um pouco alta. Alice parou o radio e eu atendi.

– Alô?

– E ai xenchelenta! – OMG Eu conhecia aquela voz.

– AAAAAAAAAAAAAAAAAH QUE SAUDADES DE TI! OMG! – Gritei descontrolada.

– Eu também estou morrendo de saudades Caah.

– Quando vem me visitar?

– Meu Deus, eu me mudei não faz nem dois meses.

– Mas dois meses para mim pareceu dois anos. – Falei com a voz embargada.

– É, para mim também, mas… o que me conta de novo? Como está indo a faculdade?

– Ah ta na mesma porra, os professores ainda erram meu sobrenome. – Ri sem humor. Olhei para edward e seus olhos estavam cheios de lagrimas, Alice já chorava, eles todos já sabiam com quem eu estava falando.

– Já foi para a detenção? – Ela me perguntou rindo.

– Ainda não. Mas… Espera vou por no viva-voz, estamos todos reunidos aqui.

– Ok!.

Coloquei no viva voz, e Emmett já começou a berrar.

– BELLS QUE SAUDADES DE VOCÊ MANA! EU TE AMO!

– EMM MANINHO! EU TAMBÉM ESTOU MORRENDO DE SAUDADES, AMO VOCÊ TAMBÉM!

– AAAAAAHHHHHHHH BELLS, QUE SAUDADES AMIGA! – Alice berrou.

– OWN! QUE SAUDADES DE VOCÊ PEQUENA, SAUDADES DA ROSALIE, DA CAAH, DO EMM, DO JASPER e… – Ela deu um suspiro forte e parou. Todos ficamos em silencio, ela ia dizer que estava com saudades do Edward. Eu realmente estava começando a acreditar nesse suposto amor de Edward por Bella, ele jurou e Jacob confirmou, que no dia que ele ia terminar com a tal aposta a Bella pegou a conversa pella metade, eu já tentei explicar para ela mais ela não escuta.

– Bom, acho que já está na minha hora, Fiquem com Deus. Amo “todos” vocês.

– Tchau Bells. Amamos você. – Respondemos todos juntos, então ela desligou o telefone.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: