Capitulo 16

No Capitulo Anterior…

**********************************************************************************************************

Nos sentamos no sofá, ficamos conversando sobre o que fizemos esses anos todos, sobre nossas vidas, essas coisas, até que Emmett olhou no relogio e viu que já se passavam das 19:00hs.

– Bells tenho que ir… – Deu um beijo na minha testa.

– Amanhã a gente se vê, afinal, vou morar aqui agora.

– É isso ai!

Emmett foi embora, passei mais algumas horas arrumando minhas coisas no apartamento, até que o cansaço começou a chegar, me joguei na cama e apaguei.

********************************************************************************************************

2ºFase – Capitulo 16 –

PDV Edward

Faltavam Uma semana e 2 dias para o casamento do meu melhor amigo. A quatro dias atras Alice me ligou, disse que tinha me arrumado um apartamento para mim e um para Kristen, só que em predios diferentes, nem liguei, eu nem ficava muito no meu mesmo, quando não estava trabalhando estava no apê de Kris, e assim seria em forks. Kristen conseguiu um emprego em Seattle, em uma empresa que não sei exatamente o nome.

– Kristen, anda logo, vamos perder o voô. – Já era a décima quarta vez que eu a chamava.

– To indo, to indo! – Pegamos nossas coisas e fomos para o aeroporto.

O voô foi tranquilo, chegamos em Port Angeles. Pegamos um taxi direto para a casa de meus pais, eu estava morto de saudades.

PDV Bella

Já se passaram quatro dias que estou novamente em forks, minha vida está normal, Robert ainda não tinha chegado. Fui ao hospital, assinei as papeladas e fui para a casa de Esme, era lá que eu ficava quase toda a maior parte do meu tempo livre, era muito bom estar com alguém. Alice e Rosalie trabalham, Emmett e Jasper Também, eu ainda não estou trabalhando no hospital, só me resta ficar com Esme.

– Querida adivinhe só? – Esme perguntou assim que sentamos no sofá.

– O que?

– Estou fazendo seu bolo preferito.

– Esme não precisava…

– Claro que precisava, fazia tempos que eu não o fazia, acabei de coloca-ló no forno.

– Obrigada. – Respondi meia contrangida, todos dias que eu vinha aqui Esme me paparicava, okay eu amo isso, mas eu não gosto da trabalho a ela.

Ficamos conversando mais um pouco, até que Alice e Rosalie chegaram.

– Esme, Bella. Olhem só o vestido de Rosalie. – Alice abriu a sacola e tirou um lindo vestido branco. Flashs do futuro começaram a vir na minha cabeça. Sera que eu e ele chegariamos a esse ponto se tudo tivesse certo? Será que um dia vou ter a honra de usar um daquele?

Um suspiro involuntario saiu de mim, Alice e Rosalie me encararam, eu sorri.

– É Lindo!. – Afirmei, e era mesmo, tinha pequenas pedrinhas brilhantes, com um rabo enorme… ou melhor, O VESTIDO QUE TODA MULHER SONHA EM TER.

– Eu também achei. – Alice quicava, de repente me olhou. – Você já comprou seu vestido de madrinha?

– Aham… – Afirmei com a cabeça. – Só tenho pena da Rosalie. – Comecei a rir da minha piada.

– Porque? – Rosalie perguntou.

– Porque eu vou esta mais bonita que você.

– Sonha Bellita!.

Rimos. Conversamos mais sobre o casamento.

PDV Edward

Chegamos em a casa de minha mãe, Kristen e eu saimos do carro, eu estava com um sorrisão bobo no rosto, algo me dizia que eu ia ter uma surpresa.

Não me perguntem como sei disso, bem… eu só sei! Deve ser um sexto sentido.

– Estou louca para ver minha sogrinha amor, apartir de agora seria a melhor amiga dela, fique vendo. – Kristen gostava de atenção e quando vinhamos aqui antes, nem sempre minha mãe dava toda atenção que ela deseja, mas agora que estamos de mudança ela jurou que essa situação vai mudar. Mas algo me diz que isso não vai da muito certo, é o sexto sentido novamente…

– Que bom amor. – Respondi.

Caminhamos até a porta. Bati na porta e a minha surpresa foi imensa… O que… o que ela está fazendo aqui? Fiquei encarando ela, até que decidi falar.

– Sra.Chucky?

– OMG! Só faltava esse para completar a turma. Descidiram vir todos aqui hoje? Fazer eu perder esse emprego também? – A velha tava com a macaca, kris começou a rir.

– Não Sra.Chucky. Meus pais moram aqui. Esme e Carlisle. – Ela ficou meia sem graça, claro, sou o filho dos patrões.

– M-me Desculpe.

– Pode ficar tranquila, agora se a senhora me da licença, estou morrendo de saudades de minha mãe.

Deixei ela e Kristen na porta. Corri feito um retardado para a sala, mas meu corpo se chocou contra algo, minha queda foi amortecida, só não sei pelo que exatamente, já que meus olhos se fecharam de tanta dor na cabeça. Merda que dor.

PDV Alice.

Bella tinha ido á cozinha, e a Sra.Chucky foi atender a porta. Voltei minha atenção para a conversa animada que tinhamos, minha mãe comentava como foi o casamento dela. Fomos tirados da conversa por um baque e gemidos. Me levantei preocupada e vi a cena que me abalou.

– O.

– M.

– G.

Falamos ao ver a cena em nossa frente.

– Merda que dor! Presta atenção por onde anda! – Edward estava por cima de Bella, no chão, com a mão na desta.

– Eu… ar… Sem! – Bella estava ficando roxa, foi então que Edward percebeu que estava embaixo de alguém.

– Bella? – Sussurrou a olhando. Foi incrivel, bella abriu os olhos na mesma hora, os dois ficaram se encarando durante um tempo, estaticos, quase se beijando, até que…

– O QUE É ISSO? – A voz de taquara rachada da infeliz da Kristen tirou os dois do transe, Bella empurrou Edward para sair de cima de si.

– Oi para você também Bella… – Edward se levantou, arrumou a roupa.

– Oh, você é a Bella? – Kristen perguntou.

– Acho que sim…. – Bella respondeu confusa. – Porque?

– OMG. Que prazer em te conhecer, acredite eu escuto seu nome 24Hrs por dia. – Abraçou bella. Ah se ela soubesse que Bella e Edward se amam, duvido que estaria dando abracinhos nela.

– 24Hrs? – Bella indagou.

– É, pelo que fiquei sabendo você é a melhor amiga de Edward, e ele não para de falar em você menina… até dormindo. – Eu e Rosalie rimos, Bella bufou. Edward mentiu para kristen, disse que Bella era sua melhor amiga, pois kristen já estava ficando louca de tanto ouvir a palavra Bella.

– Você deve esta enganada, deve ser outra Bella. – Bells falou descrente, olhou para Edward e viu o corte em sua testa. – Oh, Vou pegar o kit de primeiro socorros para por um curativo nisso, seu… seu… cabeçudo. – Saiu rindo da sua propria piada.

É… VOU TER QUE FAZER ESSES DOIS SE ENCHERGAREM E PERCEBEREM O QUANTO SE AMAM. FATO!

PDV Edward

– Eu não sou cabeçudo! – Afirmei. Passei a mão na testa e vi sangue. Merda. Minutos depois Bella voltou com uma pequena maleta branca. Observei-a melhor, ela estava tão linda, mais linda do que antes. Seu corpo estava mais desenvolvido, com suas belas curvas moldadas. Seu cabelo estava um pouco mais comprido.

– Não me olha assim. – Ela falou carrancuda. – A culpa não foi minha se você fica correndo feito louco. – Aproximou-se de mim e olhou o corte em minha testa, fiquei encarando ela, até me esqueci que tinha mais gente na sala, esqueci até que Kristen existia, minha mente só tinha espaço para Bells.

– Desculpa, tenho que confessar a culpa foi minha. – Eu ri, bella esboçou um sorriso, a porta da frente se abriu e a voz de Caah me sobresaltou.

– Que muvuca é essa aqui?! – Caah, jacob, Emmett e Jasper passaram pela porta. – Nossa Edward o que é isso na sua testa?

O jeito que ela falou parecia que meu cerebro estava saindo.

– Bella e Edward se chocaram. – Alice explicou.

– ISSO QUE EU CHAMO DE: “ENTRAR DE CABEÇA EM UM ANTIGO RELACIONAMENTO!”

– Cale a boca! – falei. – Ai!Bella vai com calma ta ardendo. – Bells limpava meu machucado.

– Edward fica quieto! Pare de chorar!

– Vai começar aquele antigo lance mazoquista de chinga aqui, se pega ali…

– Emmett pare de falar babaquice. – Bella esbravejou, eu ri, e ela espirou o spray de mertiolate[?] com tudo na minha testa. Por pura maldade!

– Aiii! – Choraminguei, ela riu, eu nem me importaria de ser jogado em um tanque de mertiolate[?] se fosse para ve-lá sorrir.

– Pronto cabeçudo, preste mais atenção por onde anda! – Colocou um band-aid e se levantou do sofa.

PDV Bella.

Eu estava me matando por dentro para não chorar na frente de todos, ver Edward e sua namorada só me fazia sofrer mais, eu sei que não posso reclamar de nada mas… doí.

Fiz o curativo nele e fui me sentar ao lado de Esme, aquela tal Kristen me fuzilava com os olhos.

– Edward acabei de fazer aquele bolo que você e Bella adoram! – Esme se levantou e foi para a cozinha.

– Faz um ano que não como esse bolo. – Edward esfregou uma mão na outra, como se fosse uma criança prestes a ganhar 1 real.

– Então o primeiro pedaço é meu, faz mais de 3 anos que eu não como.

Serio que eu tinha falado isso? Começamos a descutir sobre quem ia catar o primeiro pedaço feito duas crianças, Emmett e Alice gargalhavam.

– Vocês ficam brigando por nada… – Aquela tal de Kristen disse. – Fiquem só vendo…

– O que ? – Eu e Edward perguntamos juntos.

– Sou eu quem vou ganhar o primeiro pedaço. Minha sogra me ama. Amor aposto que ela fez o bolo sabendo que viriamos aqui.

Com essa eu tive que rir, rir não, eu gargalhei.

– Não Kris, minha mãe não sabia que estavamos vindo hoje.

Agora Emmett e Caah se juntaram a mim. Coitada dessa umazinha ai, se ela soubesse que Esme fez o bolo para mim.

– Pronto crianças… – Esme passou pela porta com uma bandeija na mão, sentou-se ao meu lado e sorriu. – Aqui Bella, o bolo que fiz para você. – Olhei de relance para Edward e Kristen. – O primeiro pedaço é para você…

– Se fuderam… – Emmett provocou, Kristen bufou. Edward riu. Peguei o prato que Esme me oferecia.

Começamos a conversar, eu sentia os olhares de Edward, mas não atrevia olha-lo, eu podia perder o controle e começar a chorar ali. Não queria mostrar a ele que depois de todos esses anos eu ainda o amava. Meu celular começou a tocar, olhei o identificador de chamadas e vi quem era.

– Desculpe-me mas tenho que atender, é o Rob. – Me levantei sobre os olhares de todos, mas o olhar de Edward era completamente de curiosidade, a qual é? vai dizer que me ama? Que tem ciumes? Ele nunca me amou e creio eu que isso não mudou, aliás, ele esta com essa tal Kristen.

Quando já estava em uma boa distancia atendi o celular.

– Alô?

– Bells, amor estou ligando para avisar que chegarei em Forks amanhã de tarde, só estou arrumando mais umas coisinhas aqui e logo estaria embarcando para junto de ti, minha princesa.

Não sei o porque mas isso não me alegrou…

– Tudo bem amor.

– Estou com saudades. – Falou com aquela voz rouca.

– Eu também… – Mentira. Para falar verdade nem senti a falta dele, mas agora que Edward está na cidade é melhor que ele esteja aqui, antes que algo que não deva acontecer aconteça.

– Até amanhã, eu te amo.

– Beijos Rob, até amanhã, eu também te amo. – Menti novamente, mas ia ficar totalmente estranho não dizer que eu o amo.

– Beijos.

Desligou o celular, respirei fundo e voltei para a sala.

– Prontinho. – Me sentei novamente ao lado de Esme.

– Então querida, quando ele vem?.

– Amanhã, só está arrumando mais uns papeis que vai trazer para Seattle. – Dei de ombros e sorri. Edward estava com o maxilar travado.

– Então vou conhecer meu cunhado… – Emmett cerrou os olhos enquanto me encarava. Eu só dei de ombros. Edward bufou e passou a mão no cabelo. Nervoso?

– Bufou por que amor? – Kristen perguntou enquanto acariciava seu rosto.

– Nada, nada. – Ele se virou para Alice. – Você pode me passar o endereço do meu apartamento?

– Ah sim… – Alice se levantou, foi até o armario, tirou um bloquinho de notas e começou a escrever, depois arrancou e entregou a ele. – Tome.

Edward leu o endereço e sorriu.

– Sei aonde fica. E o da Kris? – Alice sorriu, escreveu de novo no bloquinho e entregou a tal Kristen.

– Kristen você precisa ficar lá hoje e resolver o resto sobre seu apartamento. Assim como Edward tem que resolver o dele.

– Own… Hoje não vou poder dormir com meu gatinho? – Revirei os olhos. Que menina insuportavel.

– É até bom kris, preciso pensar, estou com a cabeça cheia. – Edward passou a mão pelo rosto dando um suspiro forte, depois me encarou.

– Alice, você pode me da uma carona? – Estava tarde e eu não estava afim de ir embora apé, meu carro não tinha chegado ainda.

– Isso Alice, ai você aproveita e da uma carona para mim e para a Kristen. – Edward pediu para a irmã.

– Desculpa mas não poderei dar carona a vocês. – Ela fez um bico, eu não engolo muito esse papo dela.

– Edward, use meu carro, amanhã você o tras.

– Vou ter que fazer três viajens… – Edward fez cara de cansaço.

– Não não maninho, só duas.

– Como alice? Terei de ir ao de Kristen, depois no de Bella e por ultimo para o meu.

– Não, o seu apartamento é no mesmo predio que o de bella.

Ok. Espera! Respira, inspira. Respira, inspira…

– Alice você não fez isso… – Fechei os olhos repremindo a raiva.

– Não foi minha intenção, vocês sabe como é que é, o apartamento de Edward foi Jasper que procurou, depois que ele fez a negociação que ele me disse aonde era, né jasper? – Alice deu uma cotuvelada no namorado.

– É, é, me desculpa mano. – Jasper mentia super mal.

– Não precisa pedir desculpas. – Edward estava com um sorriso no rosto. Revirei os olhos.

– Só falta você vir me dizer que nosso apartamento fica no mesmo andar… – Ironizei.

– Sim. – Alice respondeu com toda calma do mundo. – Deixe-me simplificar. vocês moram no mesmo predio, no mesmo andar e vizinhos de apartamento. – Minha respiração cessou, eu queria fazer duas coisas. MATAR alice e… MATAR Alice.

– Muito obrigada Alice, grande amiga que você é. – Peguei minha bolsa e sai da sala, me dirigindo para a garagem. Era melhor esperar Edward e aquelazinha lá.

Aquelazinha mesmo!Ok!? Dá licença… to com ciumes mesmo!

PDV Edward

Bella saiu bufando. Será que ela me odeia tanto assim? A ponto de não querer morar no mesmo predio que eu?

– Alice você não devia ter feito isso… – Minha mãe balançou a cabeça negativamente, mas deu para perceber que a mesma segurava um sorriso.

– Oque? Foi tudo por acaso. – Alice piscou para mim.

– Vamos Kristen.

Me despedi de todos ali, peguei a chave do carro e puxei minha namorada para a garagem. Quando chegamos lá Bella estava encostada na porta lateral, com os braços cruzados.

– Até quem fim… – Gruniu ela, fazendo bico. Deu até vontade de morder. Mas acho que ficaria chato se eu fizesse isso na frente da Kris.

– Prontinho. – Destravei as portas. Bella abriu a porta de tras e se enfiou lá. Kristen foi para o banco da frente e eu para o do motorista.

[…]

– Tchau Bella. – Kristen se despediu enquanto saia do carro.

– Tchau Kristen. – Bella falou meia ranzinza.

– E agora Senhora Bella, deseja que seu motorista a deixe aonde? – Falei com sarcasmo.

– Em casa… – Ela fez uma careta. – Estou com fome…

– Porque não comemos algo naquele restaurante que você ama? Já que moramos no mesmo predio não precisamos ter preça para chegar!

– Convite tentador, mas eu quero comer algo em casa para depois desabar na cama.

– Tenho uma ideia!

– Qual Edward?

Liguei o carro e dirigi até o restaurante preferito dela, que ficava a duas quadras do apartamento de Kristen.

– A gente compra algo e come no seu apê!

– O QUE? VOCÊ VIROU MONGOL QUANDO? – Berrou delicadamente.

– Nossa Bella, sempre um amor de pessoa. – Zombei. – Podemos fazer companhia um para o outro. Eu não quero jantar sozinho.

– Que seja! Ande logo!

Desci do carro, entrei no restaurante e comprei o espaguete predileto dela. Quando voltei para o carro ela estava sentada no banco da frente. Entrei no carro e sorri:

– Vai de co-pilota?

Ela riu.

– Não! Só acho lá atras muito chato.

Liguei o carro e dirigi para o nosso predio.

Ta ai uma chance de mostrar a ela que eu mudei e continuo amando-a.

COMENTEM!

 

  1. Caah fiko d+, juro essa fanfic me vicio, vc é otima nisso podia virar escritora profissional. tipo assim tah dez vees melhor que um livro brasileiro e na mesma medida dos filmes americanos. parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: