Capitulo 6

Capitulo 6 – O Primeiro Beijo

PDV Bella

Acordei para ir a escola, me arrumei, ou melhor…me produzi, eu tinha de comprar roupas novas pois as minhas eram todas da bella-nerd, achei uma calça de cintura baixa, uma blusa azul-escura, e um AllStar branco. Peguei minhas coisas e desci para tomar café com Emmett, que estava fazendo panquecas.

– Oi Bellzita.

– Bom dia Emm.

– Olha o que estou fazendo para você… – Ele rodou a panquecas no ar e caiu na frigideira. – Panquecas…

– Hum… que delicia.

Comemos as panquecas e fomos para a escola, Emmett estavá alegre, no carro ele cantava, ele parecia…apaixonado, não falei nada, só fiquei boquiaberta olhando aquele Emmett sorridente, cantando de olhos fechados…dirigindo?

– Porra emmett abre esses olhos, você ta dirigindo!

– Bella, Bella, você está muito extressada, você tem que arrumar um homem para te desistressar.

– Ok. Você quer que eu de para alguem para me acalmar? – Perguntei sarcástica, eu sabia que ele morria de ciumes de mim, vi seu olhos esquerdo começar a piscar e sua bochecha ficar vermelha.

– Você sabe que eu não quis dizer isso, só acho que… – ele bufou e virou para mim -…que você devia conhecer alguém sabe? Poem aquela antiga Isabella para fora, aquela que era forte, aquela que não liga para o que ninguém fala ou pensa dela, aquela linda garota…a minha verdadeira irmã…Aquela menina que adorava se divertir…

– Emmett eu sei que você quer me ajudar, mas eu tenho… – Suspirei – … tenho medo de sofrer novamente, de passar por toda aquela dor que senti.

Abaixei a cabeça sentindo as lagrimas descendo pelos meus olhos.

– Hey bells. – Emm puxou meu queixo. – Eu nunca, nunca deixaria você sofrer.

– Eu sei Emm, mais é psicologico sabe? É algo que eu não consigo fazer, é como se minha conciência falasse que “isso é perigoso”.

– Mas você já esta começando a se soltar! Continua assim, mana! – Chegamos na escola e assim que sai do carro, vi que todos nos encaravam de boca aberta!O quê? Porque eles me olhavam assim?! Merda odeio ser o centro da atenção!Fato!

– Oi Bella. – Jessica veio na minha direção.

– Oi Jess, cadê a Caah e a Ang? – Perguntei vendo que elas não estavam ali.

– A Ang está com o bem, e a Caah, bem…olha você mesma… – Ela apontou para o estacionamento, e lá estava minha amiga, super produzida, linda e se agarrando com…Jacob Black? O alcool ainda está fazendo efeito no organismo dele? Ou ele usou droga.

– Uau! A caah se deu bem em!

– E nem foi ela que chegou nele…foi ele que chamou ela e puxou ela para um beijo. – Fiquei impressionada, a garota “porra” dicando com o garoto “Compromisso nunca”, bizarro…

De repente minha visão ficou escura, alguém tapou meus olhos, e pelo perfume eu já sabia quem era.

PDV Edward

Cheguei cedo na escola e encontrei Jake.

– Eai!

– Eai Edward! – Ele sorria feito um idiota.

– Catou muitas ontem? – Perguntei só para saber se ele se deu melhor do que eu…

– Só uma..

O QUE? SÓ UMA?

– SÓ UMA? PORRA! QUEM É ESSA?

– Aquela… – Ele apontou para a amiga de Bella, ela estava bonita e conversava com jessica no outro lado do estacionamento.

– Uou! A Caah ? – Perguntei incredulo.

– Cara, ontem eu fiquei com ela, conversamos, e tal, quando eu estava com ela eu senti algo diferente, o jeito dela, o beijo, tudo me encantou.

– Resumindo…SE APAIXONOU! – Falei rindo, meu melhor amigo se apaixonando por uma nerd, isso é tão…clichê! Que estranho…eu nunca me apaixonaria por alguém…e muito menos por uma nerd!

– Pense o que quizer! Vou lá falar com ela… – Jake saiu sorrindo, foi até caah e a puxou para o estacionamento, conversaram e se beijaram.

Olhei para onde jéssica estavá e vi Bella, é a minha nerd!

Fui andando devagar e sem ela perceber tapei seus olhos.

PDV Caah

Ontem na festa eu e jake ficamos, e ele parecia tão diferente do “jake” da escola, ele era divertido, alegre, e…lindo. Jacob me deixou em casa depois da festa, e antes de eu sair do carro ele me beijou…e que beijo…aquela boquinha…Uii!

Dormi feliz, acordei cedo e me arrumei, tentando ficar mais bonita o possivel. Eu sei que jake nem ia olhar mais para minha cara, mas eu não ia me deixar abater.

Cheguei na escola e vi jessica.

– Oi Jess..

– E ai Caah, se deu bem ontem em… – ela me deu um tapa nas costas.

– É, mas concerteza ele nem deve lembrar…ele devia estar bebado.. – Falei com expressão triste. Foi bom enquanto durou…

– Oi Caah! – O.M.G! NÃO ACREDITO QUE É..É..

– Oi jacob – Jessica comprimentou…É, É ELE!

– Oi Jessica.

– Oi Jake. – Me virei para ele, e lá estava aquele lindo sorriso, que me deixava sem ar… PORRA CAAH, PARA COM ESSA PORRA!PORRA!

– Ham….eu posso falar com você? – Ele coçou a cabeça…nervoso? Sera que ele ia pedir segredo? Para eu não contar a ninguem o que aconteceu ontem? É CLARO QUE É ISSO! Ele não ia querer queimar o filme dele por ter ficado comigo…a nerd feia!

– C-claro. – Segui ele até o estacionamento, antes dele começar a falar eu disse.

– Jake, eu sei que você vai pedir para que eu não conte a ninguém, e eu compreendo. Pode ficar tranquilo, ninguem vai saber que você pegou “ A NERD “ ontem, e…

– Hey, calma, deixa eu falar? – Ele tapou minha boca com seu dedo. Balancei a cabeça afirmando.

– Não é nada disso que você esta pensando…bem – Coçou a cabeça. -…sei que nunca fui bom nisso, mas…eu gostei de ficar com você. – Ele abriu aquele sorrisão…own!

PORRA ELE DISSE QUE GOSTOU DE FICAR COMIGO?

AAAH, PORRA, PORRA, PORRA!

– E… ? – Perguntei confusa não sabendo aonde ele queria chegar.

– Eu quero tentar sabe…com você, o que acha? – Me amarrota por que eu to passada…ele queria..ham…namorar comigo? OMG! OMG! OMG!

– E-eu…v-você ? – Porra gaguejei.

– Aham, juntos… – Sorri Abertamente.

– Claro que sim… – Jake respirou aliviado, ele achou o que? Que eu ia dar o fora nele?

Ele se aproximou de mim enlaçando minha cintura com um braço, e me puxou para um abraço gostoso, enterrei minha cabeça na curvatura de seu pescoço e respirei seu perfume. Jake me empurou um pouco para tras para olhar meu rosto, seus olhos brilhavam. Uma de suas mãos que estavam na minha cintura, foi para minha nuca, me puxando para um beijo lento e delicioso…

PDV Bella

– Quem apagou a luz ? – Perguntei rindo, ouvi a risada sonora de edward ecoar pelo ar.

– Adivinha quem é Bella. – Jessica falou.

– É o Edward! – Afirmei segura de quem era a pessoa. Ele destampou meus olhos e me girou pela cintura, fazendo com que eu ficasse de frente para ele.

– Como sabia que era eu? – Ele perguntou me puxando para um abraço. Respirei seu cheiro.

– Pelo seu cheiro… – sussurei em seu ouvido, senti Edward arrepiar. Nos separamos e ele ainda me encarava, seus braços ainda estavam na minha cintura, ele ia falar algo, mas o sinal bateu.

PDV Edward

– Quem apagou a luz ? – Bella perguntou na hora em que tampei seus olhos, ela riu e eu também ri.

– Adivinha quem é Bella. – Jessica falou.

– É o Edward! – Afirmou segura de quem era a pessoa. Destampei seus olhos e a virei de frente para mim.

– Como sabia que era eu? – Perguntei meio confuso  puxando ela para um abraço.

– Pelo seu cheiro… – Sussurou em meu ouvido, senti meu corpo arrepiar.

Que porra está acontecendo comigo? A voz, o cheiro, o toque…tudo me faz arrepiar. Eu fiquei meio imerso em pensamentos tentando descobri o que era aquela reação. Bella m olhou confusa, eu ia arrumar uma desculpa mas o sinal tocou…nunca amei tanto que as aulas começassem.

Acompanhei Bella até sua sala e depois fui para a minha, sentei ao lado de Jake na aula de calculos e ele ainda sorria como bobo.

– Edward ela aceitou, porra! To namorando. – Ele quicava na cadeira me contando, que…que estava NAMORANDO?

– Ela quem? A ..

– Sim a caah!

– Cara você é louco…

– Louco nada, agora descobri o que é amor cara, vou agarra essa chance com toda minha garra. – Ele estava doido? Mas resolvi tirar umas duvidas.

– Como…como você soube que estava apaixonado?

– Ah, ontem na boate, o toque, a voz, o cheiro, o beijo…tudo dela me agradava e até me fazia arrepiar! E ontem a noite eu não parei de pensar nela…

PUTA QUE PARIU! EU NÃO POSSO ESTAR…NÃO!NÃO! EU NÃO ESTOU!

PDV Bella

As aulas se arrastaram, e quando deu o horario para ir embora fui para o estacionamento. Fiquei com medo ao ver um treco amarelo correndo feito louca em minha direção.

– BELLLAAAAAA! – Gritou me abraçando. Ah, era louca mesmo.

– Calma Caah! – falei ajeitando minha roupa.

– EU TO NAMORANDO PORRA! – Ela começou a quicar na minha frente.

– Quem é o doido? – Uma garota popular, acho que o nome dela era…RENESME…isso! Ela perguntou.

– É o naumti! – Caah respondeu a renesme, que ficou confusa.

– Naunti?

– NAUMTI-INTERESSA! – Caah falou gargalhando, e eu ri com ela.

– Oi Bella, Nessie… – Jake apareceu perto de nós e nos comprimentou, virou para caah e . – Oi Caah. – Deu um selinho nela.

– OMG! Jake? Você está ficando com ela? – Renesme perguntou fazendo cara de nojo.

– Não…não estou ficando! Estou N.A.M.O.R.A.N.D.O. – Jake soletrou, todas da escola sabiam que Nessie era gamada nele, e isso fez com que ela saisse bufando dali.

– Hey Bells. – Emmett apareceu abraçado com Rosalie. – Oi Jake, Caah!

– Oi – Os dois responderam juntos.

– Então Bells? Vamos tirar essa… – Ele encarou meu aparelho e tentou achar a palavra certa.

– Porra ? – Caah perguntou.

– Sim, vamos tirar essa porra da sua boca menina! – Emmett gargalhou do duplo sentido.

[…]

– Puts, se você não fosse minha irmã eu te dava uns pegas. – Emmett falou assim que entrei no carro.

– Ah Emm, de você nem vale. Você é meu irmão.

– Ok. Mas eu acho que foi uma pessima ideia tirar a “porra” da boca.

– Porque ?

– Porque vou ter que começar a ficar de olho em você. – Bufei e ele se virou para mim.

– Bells, quando você vai descobrir o quão bonita é? – Não respondi, fomos embora para casa, escutando musica, catando e dançando, juntos!

Chegamos em casa, subi para o meu quarto e  fui fazer o que eu mais gostava…Tocar!

Comecei a tocar.

[N/A: Musica do Catch side – Temporario, mas na fic é como se fosse de bella ok ? –qq]

“ Sabe quando acontece algo que você jamais espera”

– Merda ficou ruim esse “ jamais ”. – Falei rabiscando meu caderno de composições.

“ Sabe quando um dia acontece algo que você nunca espera”.

– Bem melhor. – Eu parecia louca falando sozinha. Mas era assim mesmo quando eu começava a compor uma musica.

“ Algo que você sempre quis, e que te deixe mais feliz”

– Perfeito…. – Falei contente por eu estar conseguindo compor.

“ Um momento raro, dificil de esquecer, que fica pra sempre na memoria para nunca se esquecer…Então você veio, e me feis tão feliz, mas se eu abrir os olhos você jura não fugir? Preciso de você…”

– Acho que posso fazer ficar melhor, se trocar essas palavras. – Risquei no caderno.

Um momento raro, dificil de esquecer, que fica na memoria pra nunca se esquecer…E então você veio, e me feis tão feliz. Mas se eu abrir os olhos você jura não partir? Preciso de você aqui…”

– Yeah ! – Comemorei comigo mesmo. A Campainha tocou.

– Bella atende por favor, estou tomando banho! – Emmett gritou. Deixei meu violão na cama e desci para atender a porta.

– Oi Bells. – Edward, Rose, Alice e Jasper estavam parados sorrindo.

– Ér…Oi, o Emm ta no banho e jajá sai, entrem… – Fomos para a sala

– Não viemos ver só o Emmett, viemos ver você e…VOCÊ FICOU PERFEITA SEM A PORRA NA BOCA. –Rose falou, lembrando do “porra” da caah.

– Opá alguem falou em Porra? – Olhei para a porta de entrada e lá estava a mesma, com seu novo namorado.

– Oi Caah!.

– Oi Bells, amiga você ficou perfeita. – Ela me abraçou.

– Obrigada. – Sorri.

– Vocês estavam ouvindo musica? – Alice perguntou curiosa.

– Não… – Respondi confusa.

– Era a Bella fazendo suas composições. – Emmett desceu as escadas.

– Ah, Edward disse que você toca e canta…e eu amei a ideia de tocarmos juntas na escola. – Alice quicava batendo palminhas.

– Eu também poderia tocar?! Eu toco Bateria! – Rose falou animada.

– Sei lá…

– Vai Bells, eu já você tocar, e você toca bem mana.

– Eu toco Guitarra, posso fazer solo e a bells a base. – Caah falou se animando com  a ideia, é eu sabia que ela tocava baixo, e tocava super bem.

– Ok, eu topo! – Alice, Rose e Caah me abraçaram em coletivo e começaram a pular.

– OMG! Precisamos de um nome para a banda – Rose parou de falar e colocou a mão na testa.

– Temos que ver as roupas que iremos tocar. OMG! Preciso ir em casa! – Alice puxou Rose pela mão e sairam pela porta da sala, feito duas loucas.

– Bem…é…vou guardar minhas coisas e já volto. – Subi para meu quarto e quando estava começando a guardar minhas planilhas vi edward abrindo a porta e entrando.

– O que faz aqui? – Perguntei meio sem graça.

– Vim ti ver tocar oras! – Ele se sentou na minha cama e ficou me encarando.

– Eu? Não!

– Ah para de ser chata bells, toca ai. – Ele pegou o caderno em que estava minha nova composição e leu. – Toca essa!

– Eu estava compondo ela agora, e..e nem sei se esta boa…

– Toca para mim ver!

Me rendi e peguei meu violão.

– Ok, não ria! Se você rir eu te deixo careca.

– Tudo Bem! – Ele sorriu torto, e eu quase morri sem ar. RESPIRA! INSPIRA!

“ Sabe quando um dia acontece algo que você nunca espera.

Algo que você sempre quis, e que te deixe mais feliz

Um momento raro, dificil de esquecer, que fica na memoria pra nunca se esquecer…E então você veio, e me feis tão feliz. Mas se eu abrir os olhos você jura não partir? Preciso de você aqui…”

Até o fim da musica, toquei e cantei com os olhos fechados. Quando acabei abri os olhos para ver a cara de edward, que estava…sem expressão alguma.

– Olha, eu sei que ta ruim, eu nem terminei de compor ela ainda e …

– Nossa que linda! – Ele falou meio boquiaberto.

– Serio? – perguntei desconfiada.

– Sério Bella!

PDV Edward

Bella subiu para o quarto, e realmente, como alice disse, ela estava linda…

Fui atrás dela, subi as escadas e cheguei em um corredor que contia 2 portas, uma escrita “Emmett” e a outra “Bella”. Abri a de Bella e lá estava ela.

– O que faz aqui? – Perguntou meio sem graça.

– Vim ti ver tocar oras! – Me sentei na cama dela e fiquei encarando-a esperando ela começar a tocar.

– Eu? Não!

– Ah para de ser chata bells, toca ai. –Peguei um caderno que tinha em cima da cama e nem li, só falei: – Toca essa!

– Eu estava compondo ela agora, e..e nem sei se esta boa…

– Toca para mim ver!

Ela se rendeu e pegou o violão.

– Ok, não ria! Se você rir eu te deixo careca.

– Tudo Bem! – Sorri torto, aquele sorriso que deixava todas sem ar.

“ Sabe quando um dia acontece algo que você nunca esper.

Algo que você sempre quis, e que te deixe mais feliz

Um momento raro, dificil de esquecer, que fica na memoria pra nunca se esquecer…E então você veio, e me feis tão feliz. Mas se eu abrir os olhos você jura não partir? Preciso de você aqui…”

Ela cantava com os olhos fechados, sua voz era linda, e a melodia era perfeita, era algo que me fez arrepiar, parecia que ela cantava aquela musica para mim. Ao acabar a musica ela abriu os olhos e me olhou, eu estava pasmo, não sabia o que falar.

– Olha, eu sei que ta ruim, eu nem terminei de compor ela ainda e …

– Nossa que linda! – Falei meio boquiaberto.

– Serio? – perguntou frizando a testa desconfiada.

– Sério Bella!

– Que bom que você gostou… – Ela sentou ao meu lado.

– Você tem geito para isso Bells, e quando você toca…parece que…que você se entrega ao que está fazendo.

– Obrigada, mas tenho que melhorar muito ainda…

– Bella, pensa comigo, Sua voz é linda, suas composições são otimas, você toca super bem e além de tudo é linda… – Comecei falar, mas parei quando vi o que falei, PORRA! O que está acontecendo comigo?. Olhei para bella e ela estava corada…linda! – … Não precisa ficar com vergonha Bells, só falei a verdade.

– Eu sei, mas é estranho…. – Ela fitava o chão. – Ninguém nunca me elogiou, a não ser meus pais, o Emmett e  minhas amigas.

– Mas é verdade… – Passei minha mão em seus rosto. Um choque percorreu o meu corpo e fez com que eu fechasse os olhos, sua pele era tão macia, quente, delicada. -… Muitas garotas dariam tudo para ser como você… – Falei abrindo os olhos mas ainda acariciando seu rosto. – … Você só não é bonita, você é meiga, engraçada, delicada…especial. – Senti meu corpo se inclinando para sua direção. Bella mordeu os proprios labios, sua boca era perfeita, marcada e super atraente.

– Edward… – Ela falou ficando de pé.

– Bella… por favor, me de uma chance… – Fiquei de pé também. Ela suspirou… É PONTO PRA MIM!

PDV Bella

OMG!OMG!OMG! O que eu faço agora?

Edward se aproximava de mim, sua mão acariciava meu rosto, me fazendo arrepiar com seu toque quente…

Ele ficou a poucos centímetros de mim,eu podia sentir sua respiração uniforme.O rosto de Edward nunca ficou tão próximo ao meu,era uma sensação estranha. Com seu braço esquerdo,ele enlaçou delicadamente minha cintura e meus olhos fixaram-se em seus lábios entreabertos.Ele suspirou levemente e seu hálito invadiu minhas narinas e boca,que à essa altura,se abriu inesperadamente.Com a ponta dos dedos,ele acariciou minhas costas e um súbito arrepio percorreu meu corpo.Edward aproximou ainda mais seu rosto do meu,seus lábios roçaram nos meus,em um toque sutil despertando sensações em mim que jamais sentira. Sua mão direita percorreu vagarosamente meu braço até chegar a minha nuca,e seus dedos entrelaçaram-se em meus cabelos me fazendo estremecer.Pude sentir a ponta da língua dele em meu lábio inferior.Em seguida,ele sugou levemente meu lábio,meus olhos fecharam-se,quando me entreguei a aquela sensação.Meu coração começou a palpitar em um ritmo fora do normal. Então,finalmente me beijou.A língua dele invadiu a minha boca que,despreparada e desajeita,a sugou.Instintivamente,meus braços enlaçaram seu pescoço e ficamos tão colados,que eu podia sentir o calor que ele exalava.O beijo que tinha iniciado suave e gentil,se tornou intenso quando ele começou a sugar minha língua com urgência e morder levemente meus lábios.Ele me segurava com firmeza e segurança,como se eu fosse sua propriedade.Tudo ficou meio confuso naquele momento, eu  não consegui pensar em nada.Estava entorpecida pelo calor,sabor,textura e cheiro.À essa altura,meu coração ameaçava explodir,e meu corpo incendiar.Aos poucos,o beijo voltou a ser gentil e Edward mordiscou meu lábio inferior pela última vez.Quando ele afastou lentamente o rosto,ambos estávamos ofegantes.

PDV Edward

Me aproximei de Bella lentamente.Desejava,naquele momento,dar-lhe meu melhor beijo,um beijo que dei em poucas mulheres ao longo da minha vida.

Queria convencê-la a ficar comigo, se ela não gostasse eu ia perder a aposta.

Bella parecia confusa,como se estivesse se questionando se aquilo era correto.Eu não me questionava, uma parte de mim queria aquilo…e a outra queria a vitoria, e as duas partes se união. Eu estava prestes a beijar a pior garota mais nerde do mundo, depois disso eu merecia a vitoria.

Ficamos a poucos centímetros. Bells respirava com dificuldade,provavelmente nervosa.Tive vontade de rir,como ela poderia ficar nervosa só por causa de um simples beijo? Tudo bem que eu percebi que ela jamais havia beijado antes,ainda assim,era só um beijo.

Nossos rostos nunca ficaram tão próximos,era estranho.Com meu braço esquerdo enlacei delicadamente a cintura dela,não queria assustá-la.Meus lábios abriram-se em expectativa.Suspirei e,nesse momento,algo inesperado aconteceu.Fui atingido por um súbito nervosismo,foi como se um raio tivesse me atingido.Eu  não sei de onde ele veio,apenas sentia-o percorrer meu corpo.Me forcei a continuar,acariciei as costas de Bella delicadamente com a ponta dos dedos,até pude sentir ela arrepiar-se.Me aproximei ainda mais de seu rosto, rocei sutilmente meus lábios nos dela, provocando-a, queria deixá-la ansiosa.Aquilo, para minha surpresa, me fez estremecer, e eu tive vontade de apronfudar o beijo imeditamente, porém ,me detive.Afinal,era o primeiro beijo de Bella e era a decisão, se eu fizer algo apressad o demais ela poderia desistir e eu não a conquistaria. Com minha mão direita, percorri cuidadosamente o seu braço até chegar em sua nuca, onde meus dedos estrelaçaram-se em seus sedosos cabelos. Meus olhos fixaram-se nos lábios trêmulos de Bella, quando ela não estava com aparelho, até que sua boca era bonita, linhas perfeitas e uma tonalidade graciosa de rosa. Não resisti e toquei seu lábio inferior com a ponta da minha língua.Daí,foi impossível não sugá-lo.Meu plano era permanecer de olhos abertos durante todo o beijo – afinal, era um simples beijo, como outro qualquer – mas contra a minha vontade,meus olhos fecharam-se.  Tentei me conter,mas já não era possível. Enfiei gentimente,minha língua dentro da boca dela,Bella sugou-a meio desajeitada.O estranho é que,ainda assim,foi gostoso.Senti os braços dela em volta do meu pescoço,isso nos fez ficar tão colados que eu podia sentí-la quente e trêmula contra mim.O objetivo era mostrar que eu “gosto dela”, para que ela ficasse comigo durante esse mês. Porém,meus intintos estavam quase me dominando.O beijo que antes era suave,se tornou intenso quando comecei a lhe sugar a língua.A boca de Bella era adocicada, virginal, e isso quase me fez gemer. Mordisquei algumas vezes seus lábios, isso era algo que, definitivamente,  queria fazer, acho que isso passaria mais confiança a ela. Segurei-a firme, forte em meus braços, não querendo que, quando ela beijasse outro – depois de um mês, quando eu daria um pé na bunda dela –, ela achasse que eu era um zé mané. Então,tudo ficou meio confuso,eu estava tentando me concentrar em fazer ela se apaixonar por mim – algo que eu sabia que ela já estava, claro, quem não se apaixona por mim? –, mas era como se algo tivesse explodido dentro de mim.Fui entregue às sensações,fui jogado em um turbilhão de sentimentos imcompreensíveis.Todo meu corpo estava reagindo de forma inesperada,era como se tivessem ejetado alguma droga em minha veia. Decidi tomar o controle da situação e impedir que meu corpo reagisse de forma inapriopriada e constrangedora. O beijo voltou a ser suave e então,para me despedir das estranhas sensações,mordisquei pela última vez,o lábio inferior de Bella.

Quando nos afastamos,ambos estávamos ofegantes.Bella encarou o chão, mas resolvi tomar as redias da situação.

– Bella, não fique assim… eu fiz isso porque… – segurei sua cintura novamente . – Porque era algo que eu quero e queria a tempos. – Menti descaradamente…

– Edward, eu…eu… – Ela parecia confusa. MAIS UM PONTO PRA MIM!

– Bella, eu gosto de você… – Puxei ela para um abraço.

– Eu…eu, também… – ela sussurou agarrando meus cabelos e colocando a cabeça no meu ombro. Acariciei suas costas e a apertei contra mim, me separei dela e grudei nossas testas olhando para seus olhos.

– Então…me de uma chance, sei que sou um completo mulherengo, mas as pessoas mudam, e por você eu mudaria minha vida, descobri o quão maravilhosa e radiante você é, e gostaria de te conhecer mais ainda… – Nem deixei ela responder, descolei nossas testas e a beijei novamente, aqueles labios de certa forma estavam me atraindo, bella tinha um beijo gostoso, recomfortante, algo que causava uma reação que nunca senti com nenhuma outra garota que beijei, sorte é a minha né? Pelo menos ia ter um beijo gostoso por um mês… hehehe.

PDV Bella

Edward me beijou novamente, eu realmente fiz a coisa certa em deixar para perder a BV com alguem que eu amasse de verdade, e esse alguém era Edward, ele estava sendo tão amoroso comigo, sua lingua estava dançando com a minha em um ritmo lento, delicioso, seus labios tinham gosto de morangos, e eu amava morango…

Finalizamos o beijo com selinhos. Abri os olhos e Edward sorria, eu também sorri, eu confiava nele e sabia que aparentimente edward gostava um pouco de mim…eu acho.

– Obrigada… – Ele sussurou, colocando minha franja para tras da orelha.

– Pelo que exatamente ?

– Porque me dar uma chance de mostra que o que sinto por você é verdadeiro…- Ele falou, mordi os labios, será que aquilo era verdade? Não sei se era, mas parecia ser…

– Seu beijo é tão bom… não que eu seja experte em beijos…– Falei quando ele me puxando para sentar na cama ao seu lado.

– O seu também, seu beijo me provoca algo que nunca senti, uma sensação diferente, algo que não explicar.. – Fiquei feliz, para o meu primeiro beijo, já estou sendo elogiada assim.

– Deixa eu provar mais um pouquinho do seu e você prova do meu…que tal ?

– Quem é você, e o que fizeram com minha Bella? – Ele perguntou surpreso, é até eu estava meia surpresa.

– Só pensei que…que você queria mais…como eu quero. – Disse arrependida pelo que falei.

– É Claro que quero Bella…mas fiquei surpreso, você é tão….ham…quieta!

– Me desculpa… – Abaixei a cabeça.

– Hey, vem cá…eu também quero sentir mais seu beijo… – Ele se me puxou pela boca colando nossos labios e as mesmas sensações percorreram meu corpo…

– Mas…você vai querer que todos saibam? Ou não? – Edward perguntou assim que nos separamos.

– Por mim tanto faz…mas se você não quizer que…que os outros saiba.

– Não Bells, é claro que eu quero, se eu to com você é com você que todos vão me ver.

Sorri e beijei ele.  Fazer isso era muito bom…Que boca, que…que…Ui!

– Acho melhor a gente descer, antes que pensem que eu te matei. – Edward riu e saimos do meu quarto, chegamos na sala rindo…

– Ih, o papo tava bom lá em cima em… – Alice falou sorrindo feito retardada.

– Bells tocou para mim… – Edward falou sorrindo

PDV Emmett

Ficamos sentados na sala, bella e edward apareceram.

– Ih, o papo tava bom lá em cima em… – Alice falou sorrindo feito retardada.

– É, eu consegui fazer Bells tocar uma para mim… – Edward falou sorrindo

– Bella, você…você? tocou uma pra ele? – Perguntei encredulo…eu falei que era para ela arrumar um homem e não sai tocando umas para os meus amigos.

– É mano, sua irmã toca bem pra caramba, a batida dela é show, acho que ela devia seguir carreira…

– SEU IDIOTA! – Eu estava me preparando para pular no pescoço de Edward mas Bella entrou na frente.

PDV Bella

Edward contava sobre como eu TOCAVA A MUSICA, mas eu sentia por dentro que Emmett não estava entendendo e levando tudo para o duplo sentido. Resolvi intervir.

– Emmett, ele ta falando do jeito que eu toco M.U.S.I.C.A! – Falei entrando na frente de Emmett que já tomava distancia para avançar em Edward.

– Atá…desculpa, eu pensei que era outro tipo de “tocar” – Emmett sorriu meio constrangido. Todos riram. O Celular de Edward tocou.

PDV Edward

Meu celular tocou, pedi linceça e fui atender em outro lugar.

– Alô ?

– Alô, Edward sou eu Victoria…que tal a gente sair hoje gatão ? – Victoria era uma gata gostosa que morava em PortAngels

– Claro…Amanhã ?

– Pode ser ed, to com saudades de você…

– Ok, até amanhã então…passo na sua casa ás 20:00

– Combinado. Tchau.

Desliguei o celular e fui voltei para a sala, é claro que eu ia aceitar o convite de Victoria, ela é gostosa, marquei para amanhã pois iria ficar com Bella hoje, para passar confiança…sabe como é que é…por meu lado Ator em ação. E pensando bem, esse mês ia ser bem divertido, eu tinha bella, e todas as outras. Obvio que ela não poderia saber mais, eu também não ficaria na seca.

  1. ED seu cachorro
    ps:já falei que adro pegar historias ja terminadas
    vc le tudo rapidinho e melhor.

  2. FDP desgraçaaaaaaado, nossa se ele não melhorar tomara que ele seja atropelado por um boi *momento brisa passou :D*
    tá muito bom

  3. aah Concenza que maldade com a bella se nao tem coraçãao não ):
    sjaiojsiaojsiajs’ a história esta emocionante… (:

  4. edward seu canalha,cachorro,cao sarnento,lixo imbecil eu quero te matar a bella ja sofreu demais e ai vai voce so acabar mais com a vida da garota………………………………………………..bom momento furia passou eu to amando a fic esta perfeita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: