Capitulo 15

N/A: No fim, explico o porque da demora…

 

Capitulo 15 – Fuga

POV Renesmee

 

– Encontramos vocês aqui para irmos embora juntos. – Edward falou, enquanto eu saia do seu carro.

 

– Certo. – Murmurei.

 

– Pode deixar Edward. – Jacob se aproximou – Hoje temos a maioria das aulas juntos.

 

– Estaremos no outro prédio – Tia Rosálie me abraçou – Edward ficará atento em vocês.

 

– Sim.

 

Reprimi a vontade de xingar mentalmente, mas Edward perceberia.

 

– Vamos. – Jacob estendeu a mão. Eu a peguei.

 

O contato de nossas peles era aconchegante. Nos dois tínhamos quase a mesma temperatura, isso não era novo para mim, já que minha mãe era fria, assim como tia Rosálie.

 

O tempo que passamos na faculdade parecia se arrastar, cada lugar que eu olhava me vinha em mente os momentos que minha mãe e eu estávamos juntas, ali. Tive que mentir aos professores, dizendo que ela estava doente e por causa disso não pode estar presente, mas prometi que logo ela estaria de volta, e isso era verdade, eu iria procura-lá, mas antes eu tinha que procurar a meia bruxa, meia humana e isso não seria fácil.

 

– No que tanto pensa… – Jacob me tirou dos devaneios.

 

– Em minha mãe. – Dei de ombros. – Me conte como a conheceu?!

 

Jacob franziu a testa.

 

– É complicado, faz parte do passado.

 

– Conte-me. – Insisti.

 

– Digamos que eu era um grande amigo de sua mãe.

 

Mordi os lábios.

 

– Grande amigo?!

 

– Sim, ou melhor, o melhor amigo dela. – Sorriu. – Eu queria ser mais que amigo, mas seu pai a conquistou primeiro.

 

– Como assim?! – Ri – Um triângulo amoroso?!

 

– Bem, não era assim. – Ele deu de ombros – Digamos que sua mãe nunca me deu esperanças, ela sempre deixou claro que era Edward o cara que ela queria ficar.

 

– Hum…

 

Encerrei o assunto e voltei minha atenção ao professor, no fundo eu senti algo estranho, algo como… talvez… só talvez… fosse… Oh, não, não podia ser.

 

Balancei a cabeça, afastando os ridículos pensamentos.

 

– E você ainda a ama?!

 

Aquilo não era para ter saído da minha boca…

 

– Porque está me perguntando sobre isso?!

 

– Sei lá… Se você a amasse não estaria morando com o meu pai. – Menti.

 

– Na verdade, eu só vim para cá afim de procurar Bella, esse foi o único motivo para me unir com o sangues… seu pai.

 

– Então isso responde minha pergunta, você ainda a ama.

 

– Não! – Respondeu rapidamente – Bem, eu achava que amava, mas descobri que não.

 

– E quem você am… – Quando estava terminando de formular a pergunta, o professor chamou nossa atenção.

 

– Srtª Swan e Sr. Black, tem algo que queiram compartilhar com a sala?!

 

Senti meu rosto arder.

 

– Não senhor. – Jacob falou.

 

POV Jacob

 

O professor caminhou em nossa direção.

 

– Então devo imaginar que sua lição está feita… – Inclinou-se para olhar meu caderno.

 

Eu estava ferrado, de fato, não havia feito a lição. Para falar a verdade eu odiava literatura, só a escolhi, pois é a única que me veio à cabeça, e que eu sabia que Bella adorava.

 

– O senhor está errado. – Renesmee acusou, virando meu caderno para o professor – Viu!

 

– Certo… – O Sr. Brown ajeitou seus óculos e voltou para sua mesa.

 

Olhei meu caderno e vi que estava tudo feito.

 

– Me agradeça depois… – Renesmee sussurrou.

 

Ela sorriu mordendo os lábios, sem duvida, ela era a cara de Bella.

 

[…]

 

– Eu vou caçar – Renesmee avisou, enquanto descia as escadas.

 

– Eu não acho que seja uma boa idéia… – Esme falou, levantando-se do sofá. – Pode ter algum vampiro, membro dos volturi, por aqui.

 

– Mas eu preciso caçar!

 

– Ela é teimosa como Bella. – Emmett gargalhou. – Deixe a menina ir.

 

– Eu não pude proteger Bella, pois não estava por perto, mas Renesmee eu posso, não vou deixá-la sozinha por essa mata.

 

– Jacob vai comigo. – Renesmee apontou para mim – Não é Jacob.

 

Olhei para Edward, já havíamos conversado sobre o que eu tive com Renesmee, ele não gostou muito, mas compreendeu.

 

– Querida, ele fede! – Rosálie rosnou para mim.

 

– Tudo bem. – Edward murmurou – Jacob é o cara certo.

 

– Ok. – Levantei-me e caminhei até ele – Eu vou protegê-la.

 

– Eu sei que vai.

 

– Edward, me conta… – Rosálie se aproximou. – Ele não está com segundas intenções para cima da minha sobrinha né?! Pois se tiver…

 

– Tia! – Renesmee a repreendeu, ela estava rubra. Mais linda ainda.

 

– Jacob! – Edward rosnou

 

– Ok. Vamos. – A chamei.

 

– Voltem antes do entardecer.

 

– Certo.

 

Sai da casa e corri para a mata, despindo-me e me transformando. Abocanhei minhas peças de roupa e voltei, Renesmee me esperava. Quando me viu, veio até mim.

 

– Pronto?! – Indagou.

 

Assenti.

 

– Vamos! – Correu para dentro da mata, a segui.

 

Jacob?!

 

Era Sam. Ah tempos não falava com ele ou alguém da alcatéia.

 

Sam, sou eu.

 

Quem é essa garota?!

 

Renesmee.

 

Reneisse o que?! Você teve Impriting com ela?!Uau, jake desencalhou. Mas o que ela… é?!

É Renesmee Paul! E sim, ela é minha escolhida.

Mas o que ela é?!, Sam perguntou.

 

É hibrida, meia vampira, meia humana, Respondi.

 

Cara, você não tem sorte no amor…

Pelo contrario. Vim procurar Bella e encontrei sua filha.

Filha de quem?!, Gritaram em minha cabeça.

 

Bella, Isabella Swan.

Então ela conseguiu conceber o mostro…

Renesmee não é mostro!

– Hei Jacob! – Renesmee me gritou. – Pare de correr, vamos ficar por aqui.

 

Preciso ficar concentrado nela!

Depois queremos saber mais disso.

Certo.

Forcei minha mente a se desconectar do grupo, eu precisava manter minha atenção em Nessie, se algo acontecesse com ela, seria minha culpa.

 

– Alces… – Ela sussurrou. – Vai caçar também?!

 

Neguei com a cabeça.

 

– Certo. Eu vou, estou faminta.

 

Observei a garota fechar os olhos, se concentrado. E com uma surpreendente graciosidade ela correu para o leste, a segui com os olhos, vendo-a saltar sobre o alce e cravar suas presas na jugular do animal.

 

Se não fosse ela, eu acharia aquilo repugnante. Mas minha natureza estava mudando, eu teria que me adaptar ao modo que ela vive…

 

Quem diria o lobo que sempre odiou os vampiros, teve impriting com a filha de um – ou melhor, dois – e que possui uma parte vampiresca. No fim, me lasquei.

 

– Estou saciada. – Renesmee sentou-se na rocha.

 

Corri para trás de uma arvore e voltei a minha forma normal. Coloquei minha roupa e fui me sentar ao seu lado. Renesmee estava concentrada na pulseira de Bella, que estava em seu pulso.

 

– Fui eu quem esse… – Toquei no lobo de madeira que estava perto do lindo diamante.

 

– É ela me contou que um amigo havia lhe dado de presente. – Renesmee abraçou suas pernas contra o peito. – Sabe… – Ela começou, com a voz embargada – Talvez se eu não existisse minha mãe estaria aqui, a vida dela não teria mudado, ela não teria sofrido esse tempo todo por estar longe de Edward.

 

– Não diga isso. – Passei meu braço ao redor de seu ombro – Sua mãe te ama muito. Eu nunca pensei que ela seria capaz de largar Edward, mas o amor dela por você foi mais forte.

 

– Mas…

 

– Mas nada. – Ergui seu queixo. – Não adianta se culpar se você não é a culpada.

 

Acariciei sua bochecha que logo ganhou um rubor. Olhá-la de perto só fazia com que eu ficasse mais admirado. Seus olhos eram idênticos aos de Bella, seus cabelos caiam em cachos e possuíam a cor da de Edward… não que eu admirasse a cor dos cabelos dele, mas nela, tudo ficava perfeito.

 

– Obrigada… – Ela sussurrou.

 

– É meu dever te proteger… – Dei de ombros. Ela franziu a testa, confusa. – Sabe, eu sempre fui um bom conselheiro. – Omiti.

 

Em minha cabeça lembrei quantas vezes fui o porto seguro de Bella.

 

– Será que podemos ir para minha casa? Eu preciso pegar umas coisas lá antes de voltar para a casa de Edward.

 

– Acho que não há problema algum. – Sorri – Espere um minuto.

 

Corri para trás da arvore, tirei minha roupa e me transformei. Voltei até Renesmee e corremos juntos até sua casa.

 

– Eu já volto. – Ela avisou, enquanto entrava na casa. – Preciso de um tempo sozinha.

 

Assenti.

 

Deitei-me no chão, esperando ela voltar.

 

 

POV Renesmee

 

 

Subi para o meu quarto, peguei minha mochila e coloquei dentro dela algumas peças de roupa. Fui para o quarto de minha mãe, abri o pote em que ela guardava dinheiro e peguei. Minha mãe havia dito que eu poderia pegar se eu precisasse, e bem… eu estava precisando.

 

Olhei pela janela e vi Jacob deitado perto da porta, olhando para a floresta.

 

Certo, se eu quisesse sair dali sem ser vista, teria que ser cautelosa. Na ponta dos pés, caminhei até a janela da cozinha. Subi na pia, e pulei para fora. Esperei alguns segundos, para ver se Jacob aparecia, mas ele não veio.

 

Caminhei lentamente para dentro floresta.

 

POV Edward

– Já era para eles terem chegado…

 

– Edward, fica calmo. – Emmett tocou meu ombro. – Ela está com Jacob, pelo que você nos contou, ele daria a vida dele por ela.

 

– Quero só ver o que Bella vai achar disso tudo. – Rosálie bufou, ela ainda não tinha se conformado com a história de Jacob ter tido impriting com Nessie.

 

Eu vou morrer… Seth, avisa Billy que eu o amo.

 

– Morrer?! – Murmurei.

 

– Quem?! – Carlisle indagou confuso.

 

– É Jacob, ele está voltando. – Fechei os olhos tentando me concentrar.

 

Como vou explicar para ele que sua filha fugiu?! Oh merda, ele lê mentes!

 

– Eu.não.acredito.nisso. – Sibilei, enquanto Jacob passava – sozinho pela porta.

 

– Eu não tenho culpa! – Ergueu as mãos para o ar. – Ela me enganou!

 

– Droga Jacob, como você a deixou sozinha!

 

– Ela pediu… – Sua voz morreu no final da frase. – Eu não poderia negar nada a ela.

 

Não consegui culpá-lo. Em sua cabeça eu podia ver que ele faria de tudo por ela, afinal, ele era um pau mandado como eu. Tudo que Bella pedia, eu fazia. Jacob estava sofrendo, não podia culpá-lo.

 

– Cadê Nessie?! – O vulto de Rosálie passou por mim, indo em direção a Jacob e o jogando contra a parede.

 

– Ela… – Ele tentou falar, mas Rose apertou seu pescoço.

 

Jacob não estava tentando lutar, em sua cabeça, ele era o culpado e merecia aquilo.

 

– Rose, solte-o!

 

– NÃO! – Ela gruniu.

 

– Emmett. – Acenei para Rosálie, ele entendeu, correu até ela e a afastou de Jacob.

 

– EU CÃO ESTUPIDO!

 

– Rose. – Coloquei uma mão sobre seu ombro – Ele não é culpado, ela o enganou.

 

– Mas…

 

– Ela é tão teimosa quanto Bella. – Emmett riu. – Mas e ai, quando vamos sair para procura-lá?!

 

Sentei-me no sofá.

 

– A pergunta é “A onde procura-lá?” – Carlisle o corrigiu.

 

– É tão obvio. – Alice revirou os olhos – A onde mais ela iria?

 

– Volterra. – Arfamos juntos.

 

– Vou para o aeroporto, talvez consiga chegar a tempo. – Jasper murmurou, enquanto saia pela porta.

 

– Vou com ele! – Corri para fora.

 

 

POV Renesmee

 

 

– Você… – A mulher olhou-me de cima a baixo – Tem mesmo 18 anos?!

 

– Claro. – Sorri, escondendo meu nervosismo. – Não sabe ler ai não?

 

Ela abriu a boca, um pouco ofendida.

 

– O que vai fazer em paris?

 

Que mulher curiosa.

 

– Sou jovem, já viajei muito. – Abri meu passaporte e mostrei todos os selos, por conta do meu crescimento acelerado, sempre mudamos de cidades e de pais. – Agora… anda logo com isso!

 

– Certo.

 

[…]

 

Dentro do avião, pude relaxar. Ninguém poderia me pegar agora.

 

Comecei a armar meu plano, tirei um papel e caneta da minha bolsa:

 

1 – Ir para Paris.

2 – Ver a Torre Eifel

3 – Procurar a bruxinha e convence-lá a me ajudar.

4 – Perguntar pra ela se pode ir fazer compras comigo.

5 – Ir para Itália.

6 – Salvar mamãe.

 

Risquei a opção 2 e 4.

 

– Agora está bom. – Sorri. – Paris, ai vou eu!

 

 

***

 

N/A: Primeiramente, queria pedir desculpas pela demora, nem dei o capitulo pra maah betar, espero que ignorem os erros!

Então, eu peguei catapora, fiquei 15 dias de cama 😦 E quando voltei, atualizei I’ll be there for you,  O Reencontro, ontem atualizei I’m Sorry e hj New Breaking dawn.

Queria avisar que inscrivi a fic no TwiContest, como melhor fic da saga huaha.

Quem sabe não ganhamos o/

 

COMENTEM, RECOMENDEM *a fic não tem nenhuma recomendação* 😦

 

 

Obrigada meninas!

 

Bjs!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: