Capitulo 1

Capitulo 1 – RELEMBRANDO

Eu atualmente tenho 18 anos, terminei o colégio e estou prestes a me mudar de cidade para cursar a Universidade de DARTMOUTH em Hanover. Minha vida nunca foi a mesma depois do ocorrido há 2 anos atrás, quando eles foram embora e eu sofri, sofri muito.

Vocês devem estar me achando meio ridícula por ficar afundada em mágoas, mas eles eram meus melhores amigos e, com o tempo perdemos o contato… Mas vamos relembrar, vamos voltar a dois anos atrás quando tudo acabou ou começou…

==== Flash Back ( 2 anos atrás ) ====

Eu tenho 15 anos e meu irmão tem 16, Moro em Washington, Forks a cidade mais chuvosa dos EUA, porém a melhor para dormir no friozinho.

– Filha acorda! Tá na hora de ir para a escola. – minha mãe me chamava, e como disse; Forks é ótima para dormir… Até sua mãe te chamar…

– Já estou indo mamãe. – disse para tentar fazê-la parar de me chamar. Tomei um banho, me troquei, maquiei e tentei ficar mais linda possível. Desci as escadas, e meu irmão já estava tomando seu café, me juntei a ele e começamos a conversar.

Meu irmão é meu melhor amigo, sempre me protege, e sempre esta ao meu lado quando preciso de ajuda. O nome dele é Emmett, tamanho de homem, mas mentalidade de criança, “bombadão”, cabelo curto preto, e muito louco.

– Vamos Crianças, se não sairmos de casa agora vamos nos atrasar! – nossa mãe nos levava à escola.

Nosso pai faleceu quando eu ainda tinha 8 anos, superei,  pois ele não ia querer me ver triste.

Saímos de casa e fomos para a escola, nos despedimos de mamãe e saímos do carro… E lá estava ele, lindo como sempre!!! Olhos verdes, cabelo bronze… Ele era perfeito!!! Éramos muito amigos, conversávamos muito, e eu sempre fui apaixonada por ele. Hoje ele estava meio triste, então resolvi saber o por quê?

– Oi Ed. – ele era simplesmente Edward Cullen, filho do Sr e Sra Cullen, irmão de Alice uma baixinha super alegre, minha melhor amiga.

– Oi Bells.- ele respondeu olhando para o chão.

– O que está acontecendo com você? Por que essa cara?- perguntei, pois odiava vê-lo daquele jeito.

– É que… – ele ia terminar de dizer, mas Alice chegou me abraçando e chorando.

– Lice o que esta acontecendo miga?- perguntei à ela.

– Ah Bells, por favor, diz que nunca vai se esquecer de mim, diz, por favor! – Alice chorava nos meus braços, não aguentei e comecei a chorar também.

– Alice você é minha melhor amiga, claro que nunca vou te esquecer… – Disse para ela, olhei para o Ed que estava com os olhos vermelhos e cheios de lágrimas. Ele veio me abraçar.

– Bells nos desculpe, por favor, mas vamos ter que ir embora, eu também não quero isso, mas não podemos ficar! Nosso pai conseguiu uma chance de emprego melhor em outra cidade e disse que iremos nos mudar semana que vem.

Meu irmão que estava quieto até agora, também se juntou ao nosso abraço.

– Brother como vou viver sem vocês aqui? – perguntou meu irmão, ele era muito intimo de Edward, os dois eram que nem cola, não se desgrudavam para nada, assim como eu e Alice.

– Emm me desculpa! Você sabe que também não quero isso, mas não posso ficar minha mãe e meu pai não vão deixar que eu e lice fiquemos. – Edward respondeu abraçando meu irmão que chorava, eu também chorava, ver minha melhor amiga e meu amor indo embora era a pior coisa que alguém poderia sentir.

– Bells vem aqui! – Ed me puxou para o canto, e de seu bolso tirou duas pulseiras e um colar, as pulseiras eram de prata lindas, escrito ” Para sempre”, o colar era um só mas ele se partia em duas metades de um coração, escrito ” nunca te esquecerei “.

– Bells quero te dar isso, sei que é meio estranho mas já que vou embora quero deixar algo para você, para você nunca me esquecer, e saiba que eu nunca vou te esquecer… – ele colocou a pulseira no meu braço e me virou de costas para por o colar com a metade do coração.

– Ed eu nunca vou te esquecer, você vai estar comigo para sempre… – abracei-o com força, e ele retribuiu o abraço.

– Bells, eu e a Alice vamos parar de vir na escola a partir de amanhã. Nossos pais vão precisar de ajuda para arrumar a mudança.

– N-não, eu n-não vou conseguir f-ficar longe de vo-vocês – disse entre meus soluços.

– Bells um dia a gente vai se encontrar, eu prometo, só te peço uma coisa, não chore, pois se você estiver triste também estarei, e não quero ver você chorar.

– Linda, eu te amo muito e está sendo difícil pra mim também te deixar.- Estávamos tão próximos um do outro que eu sentia o hálito dele perto de mim, estávamos quase nos beijando quando…

– Edizinhooo, não acredito que vai embora! – quem poderia ser? É vocês não vão saber, pois não te contei sobre a concorrência, era Tânia, uma das mais populares da escola, loira, corpão, olhos pretos… E sempre dava em cima do Edward, mas ele sempre a dispensava…

– Oi Tânia, sim vou embora…  Você poderia nos dar licença? Estou me despedindo da minha… Meu am… minha… melhor amiga e não estou afim de você ficar tentando me agarrar. – arregalei os olhos, nunca imaginei o Edward falar assim com os outros por causa de mim. Ele sempre foi tão educado! Tânia ficou vermelha

– EDWARD CULLEN, você está me dispensando para poder se despedir dessa umazinha ai? Vem eu tenho coisas melhor… – meu sangue ferveu, ela me chamou de “umazinha”, a Tânia não cutuca a onça com vara curta.

-Olha aqui… – ia falar, mas Alice chegou empurrando a Tânia! – ai como eu amo essa minha amiga.

– Ah Tânia vai procurar sua turma, esquece o Ed, você estragou o momento… Sua loira aguada vou te dar 1 min. pra você tirar esse traseiro daqui… – Eu estava adorando o que Alice estava fazendo

– Ah se enxerga… – Tânia ia começar a dizer mais Alice interrompeu.

– 29 segundos Tânia… – gritou Alice estalando os punhos, às vezes eu tinha medo dela… O sinal bateu e infelizmente atrapalhou o Fight que ia ter ali.

– Sorte sua Tânia… Mas corre vai antes que eu mude de ideia e te faça sentir o gosto do chão.. – Alice falou e se abaixou em posição de… de… Não sei o que é aquilo… Parece que ela anda assistindo Power Rangers de mais…

– É isso ai baixinha bate aqui – disse meu irmão que gargalhava da cara da loira burra que saiu bufando – Alice desmorfa agora Power Ranger Rosa. – Emmett ria e a abraçou…

Eu ainda estava nos braços do Edward, olhei para ele e ele me olhava intensamente nos olhos, e eu me perdi naquele mar verde que acho que se chamam olhos, até que fui tirada do transe por um puxão..Alice me puxando..

– Senhores Emmet Swan, Edward Cullen e Senhoritas Isabella Swan e Alice Cullen, para sala vocês estão atrasados… – agora sei porque Alice estava me puxando… A que raiva do Sr. Stell, bem no momento mais feliz ele chega e atrapalha.

Entramos na escola e fomos cada um para um prédio, hoje não teríamos nenhuma aula juntos. As minhas aulas foram normais, mas não consegui me concentrar em nenhuma delas, só conseguia pensar que semana que vem eu ia acordar e não iria mais ver-los… As aulas se passaram, enfim o sinal bateu, fomos para o recreio sentamos todos juntos…

– Ei Edward – Meu irmão chamou a atenção de Edward

– Sim brother?

– E nossa banda? Acabou? – nossa tinha esquecido completamente disso. Sim, nós tínhamos uma banda chamada “Boys and Girls” formada por Eu-Violão/Vocal, Edward-Guitarra/Vocal, Alice-Teclado, Emmett-Bateria, sempre que dava nos tocávamos, ensaiávamos quase todos os dias na garagem dos Cullen.

– Nossa Emm, nem pensei nisso. – Edward respondeu – Mas acho que vamos ter que parar, mas quem sabe um dia a gente não toque juntos novamente ?

– Aaah meu Deus, porque temos que nos separar? – perguntou Alice me agarrando.

– Lice Calma, Se isso está acontecendo nós temos que aceitar, e se tivermos que nos reencontrar, se o destino quiser, logo estaremos juntos novamente. – Meu irmão disse. peraí, meu irmão? Desde quando ele é sensível?.

– Meu Deus acho que nossa viajem ta afetando a todos, nunca vi o Emm tão sensível. – Edward falou gargalhando.

– Vamos ser B.F.F. – disse Alice.

– O quê? – perguntamos todos.

– Aim genten!!! Best. Friends. Forever.- explicou Alice, como se tivesse falando com 3 crianças retardadas.

– Pra sempre! – completou Edward, olhando para mim.

O Sinal bateu. Nos retiramos do refeitório e fomos rumo a prisão, lugar de torturamento como diz meu maninho, mas esse local é mais conhecido como “sala de aula”.

As aulas acabaram e fomos para o estacionamento, encontrei Edward e Alice nos esperando.

– Cadê o Emm ? – perguntei, observando que faltava meu maninho ali.

– Ele esta vindo, olha ele ali – Alice apontou para trás de mim, me virei, e vi uma cena impressionante! – Emmett estava com os olhos vermelhos e inchados, ele estava CHORANDO! Impossível, nunca o vi assim desde a morte do papai.

– Emm Não fica assim, manteremos contato, sempre. – afirmou Edward.

Nos despedimos, Edward e Alice nos deram carona, o carro do Edward era simplesmente, um volvo prata, lindo.

O caminho para casa foi meio sinistro, acho que a palavra certa é meio tenso. Chegamos em casa e nos despedimos.

– Tchau gente!!! AMO VOCÊS AMORES DA MINHA VIDA, NUNCA VOU ESQUECER VOCÊS. – Gritou Alice de dentro do carro.

A gente deu um tchauzinho com a mão e entramos, eu logo comecei a chorar e subi para o meu quarto… E assim se passou a semana, estávamos sempre juntos aproveitando o máximo possível, até que chegou o dia da viagem…

Foi o pior dia da minha vida, depois da morte do meu pai, choramos muito, nos abraçamos muito, até que eles se foram… Voltamos para casa, passaram-se semanas e nós estávamos desanimado, eu e Emmett saíamos sempre, beijamos muito, curtíamos muito, mas não era a mesma coisa de antes… Faltava alguma coisa… faltavam eles! Sempre nos falávamos por e-mail, msn e telefone, mas com o tempo perdemos fomos perdendo o contato.

=== FIM FLASH BACK ===

Agora estou aqui, eu e meu irmãozinho, acabamos de nos formar na escola de Forks, e vamos viajar para a faculdade DARTMOUTH em Hanover.

Terminei de arrumar minhas malas, e entrei no banheiro para tomar um banho. Tirei o colar e a pulseira, que eu ainda tenho e não tiro por nada nessa vida.

Tomei um banho quente, me sequei, coloquei uma calça preta colada, uma blusa branca, e meu all star branco, me maquiei e coloquei de volta a pulseira e o colar.

Desci as escadas para encontrar com minha mãe e meu irmão.

– Bella querida, estamos atrasados, vamos ou vão perder o avião. – gritava minha mãe.

Nós colocamos nossas malas no carro e seguimos rumo ao aeroporto. Ao chegarmos começamos a nos despedir da mamãe que não parava de chorar…

– Filha juízo, e cuida do seu irmão, ele é o mais velho, mas é o mais irresponsável. – disse minha mãe arrancando risada minha e do Emmett.

– Pode deixar mãe, qualquer coisa eu do uns tapas nele. – Eu disse dando um peteleco na nuca do Emmett.

– Bom Tchau meus queridos, até mais, amo vocês e vou sentir saudades. – Nos abraçamos e beijamos e entramos no avião.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: