Capitulo 7

Capitulo 7 – Corra porque os bichos estão soltos.

Chamamos Edward, Rose, e Jasper. Saímos do hotel e decidimos ir todos juntos, porque eu e o Emmett não conhecíamos a cidade direito, distribuímos os papéis por todos os bares onde tinham jovens, e alguns se interessaram. Já estávamos cansados, fazia uma hora que estávamos andando sem parar.

– Vamos descansar um pouquinho. – Alice tirou as palavras da minha boca, sentamos na escada de um canil, Edward sentou ao meu lado e o silêncio era enorme, então resolvi puxar assunto.

– Como estão Esme e Carlisle? – acho que perguntei algo errado, porque ele abaixou a cabeça e não respondeu.

– Me Desculpe se falei algo erra… – ele se virou para mim e começou a falar.

– Que isso Bella! Acho que você não sabe, mas minha mãe morreu ano passado.

– Foi um choque imenso ouvir aquelas palavras de sua boca. Esme era como uma segunda mãe para mim, fiquei sem reação, ele percebeu e deu aquele sorriso torto que me tirava de órbita.

– Me… me… de… des desculpe, eu.., não… Eu não sabia. – fiquei meio sem jeito, não conseguia acreditar Esme… Esme morta doeu dentro de mim.

– Ei gente, vou deixar uns anúncios aqui nesse canil. – falou Emmett abrindo a porta e entrando. Olhei para o Edward de novo, que tinha um sorriso lindo no rosto.

– Será que ele consegue fazer isso? – perguntei e apontei para a porta onde o Emmett entrou.

– Acho que você tem que ser mais positiva, seu irmão vai conseguir, mas fica esperta, caso tenha que chamar a policia ou os bombeiros, fica com o celular na mão. – ele falava gargalhando, e todos ouviram e riram também.

POV Emmett

Avisei a galera que ia deixar uns anúncios no canil e entrei… SILÊNCIO… Olhei para o grande galpão que dividia a sala e não tinha ninguém… Comecei a entrar em pânico… sserá que..que..eles fo-fo-ram ab-duzi-dos? Só de pensar eu tremia, deixei duas folhas em cima do galpão e preguei uma em outra porta que tinha na sala. Olhei pelo vidro da porta e vi que não tinha ninguém, resolvi entrar, se tivesse E.T pelo menos eu ia conversar com eles, poderia até pedir um autografo. A que emoção!!! Abri a porta e tudo escuro. Fui tateando a parede, e encontrei uma alavanca… Acho que é para ligar a luz, não pensei duas vezes… Porque dói às vezes quando eu penso, e mamãe disse que não era muito bom eu ficar forçando minha cabeça a trabalhar… execi…ecesi…ecessivamente.. Acho que era isso que ela disse. Mas tô meio encabulado, por que a alavanca de luz é tão grande? Parece até que é daquelas chaves que você vê em filme, que tem que abaixar para abrir a cela… há há… Emmett, Emmett você anda assistindo muito filme de ficção, acho melhor voltar a assisti pornô mesmo, pelo menos você não imaginava alavanca e sim…

Thoomw… (( tentei fazer um som de batida, barrulho.. Sorry me.))

Epá não fui eu, eu juro, fui ao banheiro antes de sair de casa, parei de pensar nos filme que ia BAIXAR da internet, eu sei você acha que baixar é pirataria, mas  eles não fazem pirataria eles só compartilham com a gente, pow na minha igreja quando eu fui fazer primeira eucaristia, o padre disse que se eu não compartilha-se o banco com o coleguinha era pecado, então traduzido: PIRATARIA É CRIME, COMPARTILHAMENTO NÃO! Mas tive que parar de pensar porque tava doendo à cabeça de novo e que eu tava começando a tremer, decidi puxar logo a merda da alavanca. Puxei. Ouvi um “PAH” e uns… uns LATIDOS… SOCORRO!!! A maldita luz não acendeu, e ainda por cima liberou as animalzada… Essa palavra existe?… Então agora inventei uma nova palavra… Mas eles tão chegando perto, abri a porta e sai no “pique” para fugir, não queria virar ração de “au-au”.

POV Bella.

Nós conversamos e quase nos esquecemos da hora, estávamos preocupados com algo que não lembrávamos o que era, e nem o porquê!!! De repente…

– CORRE POR QUE OS ANIMALZADA TÃO LOUCAS. – Gritou meu irmão correndo de dentro da loja. Tudo foi tão rápido, eu e a galera ficamos de pé e saímos em disparada. – Corri como nunca! Olhamos para trás e não havia mais “ANIMALZADA” – como disse Emmet –  nos perseguindo, senti falta de algo…

– Vou chamar nome por nome e vocês respondem “AQUI” – falei pegando uma pedra e escrevendo o nome de todos no chão.

– Edward – chamei.

– Aqui – ele respondeu levantando as mãos.

– Porque ele tem que ser o primeiro? – perguntou Alice, com os braços cruzado, nem respondi.

– Jasper. – chamei

– Aqui – falou e levantou o braço como o gostoso do meu Edward fez… Ele é tão lindo né? NÃO RESPONDÃO!! Foco Bella você tá numa missão importante. Assim como os outros, chamei Alice, e Rose, e risquei o nome delas da lista. Bati o olho e vi que faltava alguém, eles olharam no chão e ficaram brancos.

-O

-M

-G

Todos estávamos desesperados, meu irmão foi seguido por mais de 35 cachorros, ou mais…

POV Emmett

Eu o avisei e corri em disparada, senti algo grudando na minha canela, mas dei um chute e continuei correndo, olhei para o lado e nada da minha irmã e dos outros, olhei pra trás e vi uma “manada de cachorro” vindo atrás de mim..é manada mesmo? acho que é, eu não prestei na aula de português porque eu tava jogando aviãozinho na cabeça da minha irmã… Quando viro para frente, dou de cara com… dois pastor-alemão me olhando, e babando, eles tavam me mostrando os dentes, será que tava pensando que eu era dentista de totó? Melhor eu avisar eles né?

– Ca-calma-a Cão-ozi-inho, e-eu..só..só to querendo te fa-falar que eu tenho plano dentário, eu te re-recomendo.. – falei e levantei as mãos, ele começou a se aproximar. – tenho que fazer algo. – Ou se vocês preferir, eu pago o dentista para vocês. – mas não adiantou, eles vieram correndo em minha direção.. e pularam, fechei os olhos para a morte, eu sempre quis ter um cãozinho mas nunca mamãe deixou, ironia do destino, querendo tanto um desse e um desse vai me matar…tava de olhos fechados esperando pela morte..quando..sinto…uma língua em mim, será que eu to sonhando e a Rose veio me fazer uma visitinha ?.. Abri os olhos e vi os cachorros em cima de mim. É pelo menos eles não estavam querendo me matar.. Eles só queriam me agradecer por ter libertado dos sequestradores. Há há, podem me chamar de “SUPER EMM”. Me levantei e vi que estava perdido dos outros, vi uma carroça parada no canto da parece, olhei para ela, olhei para os cãozinhos… hmm…acho que eles não rejeitariam um favor para o “SUPER EMM” que os salvou dos vilões. Corri até uma casa que tinha no varal um lençol vermelho pendurado…PERFEITO’

POV Bella.

Eu morri? Tô no inferno né? … O que .. O..que…O que é aquilo ? OMG.. Aquele é… Meu irmão? Não!!! Impossível. Olhei para os outros que também estavam boquiabertos… E lá vinha o Emmett numa carroça, sendo puxado por um monte de cachorros e… e ..o que era aquilo…ele tava com um lençol vermelho amarrado no pescoço, como se.. como.. se.. fosse um  SUPER-HEROI? OMG… Era isso mesmo… era muito hilária a cena, imagina, um “homem” de aproximadamente 2 metros, em cima de uma carroça com uma capa vermelha sendo puxado por cachorros. Não aguentamos, começamos a rir, rir não, começamos a gargalhar.

– Há há… o Papai… Noel…. cheg-ou ce-do-do esse anoooo – ironizou o Edward que nem conseguiu falar o final da frase direito porque que caiu sentado no chão com a mão na barriga. Emmett desceu da carroça e veio andando em nossa direção com a mão na cintura. Olhei para a blusa branca dele e vi um “E” Desenhado (torto).

– Emm o que aconteceu com sua blusa? Você foi usado como papel-higiênico pelos cachorros? – perguntou o emo loiro que chorava de tanto rir. Emmett foi ficando vermelho, e eu que o conhecia, parei de rir na hora, a galera viu que eu parei e também pararam.

– Aah eu só fui um heroi hoje.. salvei esses au-au’s que me retribuíram o favor…e essa camiseta, foi desenhada com o chocolate que eu roubei de um menininho que começou a rir de mim. – falou todo orgulhoso, ainda com a mão na cintura. – Vamos embora,  já deu por hoje, tô cansado, e já que sou um heroi, tenho que descansar. – soltou os cachorros das cordas e falou algo, logo todos os cachorros tinham sumidos e Emmett vinha em nossa direção..poxa ele tava tão engraçado, enfiei a mão no bolso e tirei uma foto.

– Pra que isso Isabella? – perguntou ele, me chamando de Isabella só porque eu odeio que me chamem assim.

– Recordação maninho… ops.. quero dizer.. SUPER EMM’ – falei guardando o celular e colocando a mão na cabeça, como aqueles soldados fazem. Depois de rirmos mais um pouco, voltamos para o apartamento. Estava cansada, mas Alice, Jasper,, Edward e Rose não perceberam e entraram também no apartamento.

– Vou ligar para uma pizzaria e pedir pizzas, alguém topa? – perguntei com o telefone na minha mão.

– Sim!!! – eles falaram juntos. Liguei e pedi duas pizzas de Frango com catupiri que foi a que escolhemos. A pizza chegou e fomos para o meu quarto, sentamos no chão em círculos, todos se encarando.

– Que tédio!!! Vamos dançar!!! – gritou Emmett e se colocou de pé no mesmo instante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: